Rodolfo Martins lançou o livro “Empreendedorismo – Como Ser Grande Começando Pequeno” no RJ

Por Graça Paes, RJ    

Em dois grandes eventos, um no Outback do Shopping Leblon, e outro no Arlequim do Paço Imperial, na Praça XV, Centro do Rio, o master coach Rodolfo Martins, Master Coach, Escritor, Palestrante & Trainer com Certificação Nacional e Internacional, lançou o livro “Empreendedorismo – Como Ser Grande Começando Pequeno” na cidade maravilhosa. 

 

  Rodolfo Martins foi motivado a escrever quando percebeu o aumento de pessoas que começaram a empreender devido à alta taxa de desempregos no Brasil. “Quando se começa um negócio é normal ficar perdido e não saber para onde correr. Muitas dúvidas aparecem, entre elas, se investir em marketing é caro, se é necessário contratar pessoal, a necessidade ou não de ter uma assessoria de imprensa, se é preciso ter um plano de negócios, entre outras. Lancei esse livro, justamente para atender quem está começando e quem já está no mercado, mas completamente perdido”, ressalta Rodolfo.

 

De acordo com Rodolfo, o mundo empreendedor é perverso com todos. Seja pequeno, médio ou grande. O mercado vê o novo empreendedor como uma ameaça e não como um parceiro, o que é um equívoco, “(...) se todos trabalhassem de forma conjunta, todos sairiam ganhando”, ressalta o máster coach.

 

 

A publicação tem uma linguagem fácil e clara e auxilia o empreendedor a utilizar técnicas de linguagem corporal para vendas, a fazer um plano de negócios, explica as diferenças entre assessoria de imprensa, assessoria de marketing e assessoria motivacional, entre outros assuntos.

 

Toda a renda arrecadada com a venda dos exemplares será revertida para institutos que cuidam de pessoas com câncer.

 

 

 Informações do autor: https://www.instagram.com/mastercoachrodolfomartins/

 

 

 

 

Bombeiros abrem inscrições para o Projeto Botinho

 
 O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro abre, no dia 17 deste mês, inscrições para o Projeto Botinho. A edição 2019 da tradicional colônia de férias da corporação é uma correalização com o Sesc RJ e está prevista para a segunda quinzena de janeiro em 27 praias do Estado do Rio de Janeiro.   As atividades são gratuitas e direcionadas para crianças e adolescentes. Os alunos são divididos em três turmas: Golfinho (7 a 10 anos), Moby Dick (11 a 14 anos) e Tubarão (15 a 17 anos).   Os responsáveis interessados devem se dirigir a um dos quartéis participantes, com uma cópia da sua identidade; uma cópia da certidão de nascimento da criança; um atestado médico original (atual); e uma foto colorida 3x4 do menor. As vagas são limitadas.   O projeto Botinho acontece desde 1963. O objetivo é estimular a cultura de prevenção a acidentes marítimos por meio de atividades lúdicas e orientadas. A garotada recebe noções de preservação do meio ambiente, orientações sobre as condições do mar, sobre primeiros socorros e dicas para evitar afogamentos.   Mais informações no site www.cbmerj.rj.gov.br.   Inscrições   Data: De 17 a 21 de dezembro de 2018 Horário: Das 8h às 11h Local: Quartel de preferência Projeto Botinho Data: De 14 a 25 de janeiro de 2019 Horário: Das 8h às 11h Local: Quartel de inscrição

Carrefour da Barra, RJ, é acusado de extermínio de gatos

No dia 11 de dezembro, uma decisão liminar da 7° vara cível da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio,  ordenou que o Carrefour Barra da Tijuca se abstenha de praticar qualquer ato contra os felinos comunitários que vivem no local até o fim da ação civil pública  movida pela ONG 8 Vidas em face do Supermercado Carrefour.

 

A ação foi proposta a pedido dos protetores que atuam na região e cuidam de felinos abandonados. Nas dependências do Supermercado se encontram gatos abandonados que vivem no estacionamento. E, num curto espaço de tempo 15 felinos apareceram mortos. Alguns corpos foram levados à laboratório de patologia veterinária para que fosse realizado  exame necroscópico e o laudo foi categórico ao afirmar que a causa da morte foi envenenamento por chumbinho.

 

A ONG 8 Vidas deseja que em meio à intensa repercussão da morte a pauladas da cadela Manchinha dentro das dependências do Carrefour de Osasco, em São Paulo, o desenrolar do processo ajuizado em razão das mortes dos felinos comunitários do Carrefour Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, também desperte a atenção de ativistas da causa animal e da sociedade civil em geral.

 

Faetec e Le Cordon Bleu selecionam bolsistas

Cinco novos bolsistas foram selecionados para estudar gratuitamente na Le Cordon Bleu em 2019. O processo de ingresso na escola de gastronomia foi realizado por meio da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), órgão vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social. Os aprovados são alunos de baixa renda, que vão estudar gratuitamente no curso Cordontec, da renomada escola de gastronomia. Os bolsistas são estudantes oriundos da rede pública estadual, com idades entre 18 e 35 anos, com renda familiar de até quatro salários mínimos. Os aprovados receberão uniforme e kit completo de facas e apostilas, dados pelo Le Cordon Bleu. – É a oportunidade que Governo do Estado do Rio oferece aos alunos que não teriam condições de pagar a mensalidade do Le Cordon Bleu de acesso à escola. Os bolsistas são pessoas que enxergam nesta unidade de ensino uma mudança de vida. Estamos felizes que o processo seletivo tenha atingido o público pretendido – ressaltou o vice- presidente da Faetec, Gilson Rodrigues.   O curso Cordontec, com carga horária de 800 horas, vai ensinar técnicas de pâtisserie, cuisine, boulangerie e serviço de salão. Os alunos ainda passarão por um estágio supervisionado no restaurante-escola e no café-confeitaria. Ao final, receberão certificado de conclusão emitido pelo Le Cordon Bleu e Faetec. – Nosso desejo é ver um dos nossos bolsistas no topo da profissão. Esperamos que esta oportunidade possa abrir as portas do mundo para esses estudantes, assim poderemos exportar esse modelo de inclusão social para outras unidades – disse a diretora-geral do Cordon Bleu Brasil, Sofia Mesquista.     Seleção da Le Cordon Bleu reuniu mil candidatos Mais de 1.000 pessoas participaram do processo seletivo de 2019. Desse total, 50 inscritos passaram pelo sorteio promovido pela Loteria Federal. Em seguida, os sorteados realizaram a prova objetiva de conhecimentos gerais, e os 20 candidatos mais bem classificados no exame passaram por entrevista de perfil socioeconômico no RioSolidario e teste de aptidão técnica realizado pela Le Cordon Bleu. Morador de Duque de Caxias, Douglas da Silva foi um dos contemplados com a bolsa de 100%. Ele descobriu sua paixão por culinária depois de trabalhar na área de Serviços Gerais de um restaurante. Com a conquista do curso, planeja ensinar jovens de sua comunidade a cozinhar. – Por conta do incentivo dos colegas de trabalho, fiz o curso de Auxiliar de Cozinha na Faetec e consegui trabalhar como ajudante. Quando perdi o emprego, passei a fazer bolo de pote para vender. Agora, meu plano é fazer uma graduação na área e ensinar outros jovens que a gastronomia pode gerar oportunidade e renda para eles – disse. Habilidade Moradora de São Gonçalo, a estudante Daniela Coelho foi a primeira colocada no teste de habilidade da escola de gastronomia e a conquistar uma das bolsas para estudar na unidade.  – Apesar de nunca ter trabalhado com gastronomia, ajudo minha mãe na cozinha desde os 10 anos. Depois desse teste, descobri que posso cozinhar para outras pessoas e fazer disso uma profissão.

 

   

Procon autua quatro churrascarias em Jacarepaguá, RJ

Os fiscais do Procon Estadual realizaram na segunda-feira (10/12) uma nova ação de fiscalização da Operação Navalha na Carne, que visa churrascarias. Foram vistoriados quatro estabelecimentos na região de Jacarepaguá e todos foram autuados. A Operação Navalha na Carne descartou 60kg e 400g de alimentos impróprios ao consumo.  

Quase metade dos alimentos descartados nesta ação estava armazenado na churrascaria Laço de Ouro (Estrada Marechal Miguel Salazar Mendes de Moraes, 154 – Taquara). Lá os fiscais encontraram 2kg e 900g de presunto vencidos e outros 26kg de carne bovina sem especificação de validade e manipulação. Além disso, a câmara frigorífica estava com problemas em sua estrutura, necessitando reparo.  

Na Churrascaria Lampião (Estrada dos Bandeirantes, 367 – Taquara) foram descartados 7kg de salmão, 2kg de alcaparras e 700g de chocolate vencidos e outros 3kg de palmito e 2kg e 800g de mostarda sem especificação de prazo de validade. O restante dos alimentos descartados estava na Cavallino (Rua General Miguel Ferreira, 2 – Taquara), onde foram encontrados 8kg de cavaquinha e 8kg de frango sem rotulagem e, por isso, sem data de vencimento.  

A churrascaria Boutique da Carne (Estrada do Pau Ferro, 522 – Pechincha) não possuía problemas na armazenagem de produtos, mas estavam ausentes alguns documentos necessários ao seu funcionamento, como certificado de dedetização, e cartazes obrigatórios que não estavam sendo exibidos, como o que informa o fornecimento de água gratuita ao consumidor. A parte interna da sua câmara frigorifica estava com ferrugem e um ralo sem tela de proteção.  

Balanço da Operação Navalha na Carne

1 – Laço de Ouro (Estrada Marechal Miguel Salazar Mendes de Moraes, 154 – Taquara): Problemas estruturais: ralo não sifonado e sem tela de proteção na câmara frigorifica e na cozinha, fiação exposta e porta da cozinha para área interna aberta e sem tela de proteção. Produtos sem especificação de validade: 17kg de rabada, 9kg de cupim. Produtos vencidos: 2kg e 900g de presunto.

2 – Boutique da Carne (Estrada do Pau Ferro, 522 – Pechincha): Ausência do Livro de Reclamações. Ausência do cartaz com o telefone e endereço do Procon. Ausência do Código de Defesa do Consumidor. Ausência do cartaz do combate à violência contra a mulher. Ausência do cartaz que informa a disponibilidade de água filtrada e gratuita. Problemas estruturais: ponta de ferrugem na parte interna da câmara frigorifica, ralo sem tela de proteção. Ausência do certificado de potabilidade da água. Ausência do certificado de dedetização.

3 – Cavallino (Rua General Miguel Ferreira, 2 – Taquara): Ausência do cartaz com o telefone e endereço do Procon. Problemas estruturais: piso quebrado e ralo não sifonado e sem tela de proteção. Produtos sem especificação de validade: 8kg de cavaquinha e 8kg de frango.

4 – Churrascaria Lampião (Estrada dos Bandeirantes, 367 – Taquara): Problemas estruturais: ferrugem na porta da câmara frigorifica, piso com rachaduras e lixeira com pedal inoperante, prateleira com ferrugem. Produtos vencidos: 7kg de salmão, 2kg de alcaparras, 700g de chocolate. Produtos sem especificação de validade: 2kg e 800g de mostarda, 3kg de palmito.

 

 

Procon Estadual autua quatro estabelecimentos na Barra e Recreio

Os fiscais do Procon Estadual realizaram na terça-feira (11/12) mais uma fiscalização retornando a dois estabelecimentos vistoriados em ações anteriores. Outros três locais foram vistoriados e apenas um não apresentou irregularidades. Todos estavam localizados na Zona Oeste, quatro deles na Barra da Tijuca e um no Recreio dos Bandeirantes.  

A pizzaria Tirreno (Av. Lúcio Costa, 3400 – Barra da Tijuca), ainda apresentava ferrugem em suas prateleiras das geladeiras e freezers horizontal, constatadas em vistoria anterior da autarquia. O Supermercado Zona Sul na Av. das Américas, 16237, Recreio dos Bandeirantes - outro estabelecimento em que os agentes retornavam -, manteve o piso rugoso na câmara congelada, problema registrado em vistoria anterior.  

O Habib´s (Av. das Américas, 13300 – Barra da Tijuca) armazenava 3kg e 300g de mistura de peperoni com muçarela e 1kg de catupiry sem especificação de prazo de validade. Alem disso, não exibia o cartaz com telefone e endereço do Procon-RJ. Já o Outback (Av. das Américas, 6101 – Barra da Tijuca) estava com prateleiras enferrujadas e o Livro de Reclamações não estava autenticado pelo Procon-RJ.

Não foram encontradas irregularidades no Mc Donald´s da Av. das Américas, 14801 – Barra da Tijuca.

 

 

Quinta-feira em Jacarepaguá tem ensino gratuito de Preparação vocal e Canto coral

Preparação vocal (das 14h às 15h) e Canto coral (das 15h às 16h30), às quintas-feiras, se aprendem de graça no Centro Cultural Municipal Professora Dyla Sylvia de Sá, em Jacarepaguá, que também inscreve interessados em outras oficinas de artes durante a semana.
  Informações e inscrições diariamente, a partir das 9h, na Rua Barão, 1.180 e pelo telefone 3833-4769.

Prefeito de Niterói é preso em operação da Lava Jato no RJ

Agência Brasil

 

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, foi preso na manhã de segunda-feira, dia 10 de dezembro, na Operação Alameda, uma ação de desdobramento da Operação Lava Jato, deflagrada pela Polícia Civil, através da Delegacia Fazendária (DELFAZ) e Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ).

   

O objetivo da operação é cumprir, ao todo, quatro mandados de prisão e 19 de busca e apreensão “contra uma organização criminosa acusada de corrupção ativa e passiva, através do recebimento de propina paga por empresários do transporte público rodoviário para agentes públicos de Niterói”, segundo divulgou a Polícia Civil.

   

Também foi preso na operação Domício Mascarenhas de Andrade, ex-secretário municipal de Obras do município. Os quatro presos foram encaminhados para a Cidade da Polícia.

   

Segundo a Polícia Civil, os mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nas casas dos acusados, na Prefeitura de Niterói e nas sedes de consórcios e empresas de ônibus. Mais detalhes serão dados em coletiva de imprensa marcada para as 11h30.

   

Rio de Janeiro realiza campanha contra o Aedes Aegypti

O Governo do Estado do Rio de Janeiro, através da Secretaria de Saúde, está realizando uma campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti. A ação publicitária foi lançada em rádios, TVs e veículos online e tem o objetivo de mobilizar toda a sociedade. O símbolo da campanha é o Dezinho, um herói mirim que tem a missão de sensibilizar a população, especialmente as crianças.     Parece pouco, mas dez minutos por semana é tempo suficiente para que uma pessoa olhe todos os possíveis focos do mosquito nas residências. A vistoria deve acontecer em caixas d’água, tonéis, vasos de plantas, calhas, garrafas, lixo e bandejas de ar-condicionado.     Com essas medidas de prevenção realizadas pela população fluminense, é possível evitar a proliferação do Aedes aegypti.  

MetrôRio começa a vender cartões para o Réveillon

O MetrôRio, uma empresa do grupo Invepar, inicia, na próxima segunda-feira (10/12), a venda de 153 mil cartões especiais para o Réveillon. O público poderá fazer a compra em seis estações - Pavuna, Uruguai, Central, Carioca, Siqueira Campos e Jardim Oceânico – até o dia 28/12, das 10h às 21h. A Concessionária recomenda que a aquisição dos cartões seja realizada neste período. A partir do dia 29, a venda vai acontecer somente nas bilheterias especiais da estação Carioca, também das 10h às 21h.

 

A dica do diretor de Operações do MetrôRio, Daniel Habib, é que os clientes façam a aquisição dos cartões com antecedência.

- Evite filas de última hora. Muitas pessoas ainda deixam para fazer a compra nos dias 29, 30 e 31, quando somente a bilheteria especial da Carioca faz a venda dos bilhetes. Isso pode ser evitado, porque vamos iniciar já na segunda-feira as vendas em seis estações. Outra sugestão, já para quem tiver qualquer dúvida, é procurar as redes sociais da Concessionária, o SAC (0800 595 1111) ou ir uma das nossas estações -  afirmou o diretor.

A operação especial, que acontecerá pelo 21º ano consecutivo, garante o acesso de forma rápida e segura à festa de virada de ano na Praia de Copacabana. Para a ida, os clientes poderão escolher cinco faixas de horário (entre as 19h e 0h) no ato da compra. Já na volta, o embarque acontece sem horário fixo, de 0h até as 5h. O MetrôRio recomenda que os clientes deem preferência à estação Siqueira Campos, para reduzir filas na ida e na volta da festa.

Horários de embarque no Réveillon:

19h às 20h – cartão amarelo (ida) e cartão laranja (ida e volta);

20h às 21h – cartão azul-claro (ida) e cartão azul-escuro (ida e volta);

21h às 22h – cartão vermelho (ida) e cartão rosa (ida e volta);

22h às 23h – cartão verde-claro (ida) e cartão verde-escuro (ida e volta);

23h à 0h – cartão lilás (ida) e cartão roxo (ida e volta);

0h às 5h – cartão cinza.

Preços

O cartão de ida e volta será vendido por R$ 8,60. Já os cartões somente de ida ou de volta custarão R$ 4,30, o mesmo valor da tarifa do MetrôRio. Cada cliente tem o limite de compra de até dez cartões.

No dia 31/12, a partir das 19h, não serão aceitos os cartões unitário, pré-pago e Giro do MetrôRio nem os cartões da RioCard (Bilhete Único e Vale-Transporte), exceto nas estações General Osório, Cantagalo e Siqueira Campos, onde esses cartões serão aceitos até as 23h59m do mesmo dia. Os cartões unitário, pré-pago e Giro do MetrôRio e os cartões da RioCard voltarão a valer a partir das 7h do dia 1º de janeiro.

Gratuidades

Pessoas com necessidades especiais, menores de seis anos acompanhados de um adulto portador de cartão válido e maiores de 65 anos deverão apresentar um documento oficial de identificação para o embarque nas estações durante a operação especial de Réveillon. Mediante a apresentação do documento, os agentes de segurança liberarão a entrada no sistema. Clientes com mobilidade reduzida deverão dar preferência à estação Siqueira Campos na ida e na volta.

Funcionamento das estações durante a Operação Especial

Na segunda-feira, 31/12, a transferência entre as Linhas 1 e 2 será nas estações do trecho compartilhado (de Botafogo a Central). Às 19h, terá início a operação especial de Réveillon. A partir desse horário, clientes da Linha 2 poderão seguir da Pavuna até Jardim Oceânico, sem necessidade de trocar de trem.

A estação Cardeal Arcoverde será fechada para embarque às 19h, mas o funcionamento continua para desembarque. Também a partir das 19h, do dia 31/12, as bilheterias do MetrôRio estarão fechadas, exceto as das estações General Osório, Cantagalo e Siqueira Campos, que ficarão abertas até as 23h59 do mesmo dia.

A volta acontecerá entre meia-noite e 5h, exclusivamente, pelas estações General Osório, Cantagalo, Siqueira Campos, Cardeal Arcoverde e Jardim Oceânico, com o uso do cartão especial. As demais estações das Linhas 1, 2 e 4 funcionarão apenas para desembarque de meia-noite até as 7h do dia 1/1/2019. O MetrôRio recomenda que os usuários que estiverem em Copacabana priorizem, na viagem de ida e de volta, a estação Siqueira Campos.

No dia 01/01/2019 (terça-feira), a operação comercial será retomada às 7h e se encerrará às 23h, com exceção das estações Cidade Nova, Praça Onze, Presidente Vargas, Uruguaiana e Catete, que permanecerão fechadas e reabrirão às 5h, do dia 02/01 (quarta-feira).

Integrações tarifárias e funcionamento do Metrô Na Superfície

As integrações tarifárias com o BRT, em Vicente de Carvalho e Jardim Oceânico, e com as vans da Rocinha e do Vidigal serão encerradas às 19h do dia 31/12. A partir desse horário e até as 7h do dia 1/1/2017, só será permitido o embarque com o cartão especial de Réveillon.

O serviço Metrô Na Superfície (Botafogo – Gávea e Antero de Quental – Gávea) será interrompido às 18h do dia 31/12, e só retornará às 7h do dia seguinte, 1/1/2017.

Hotsite oficial disponibilizará informações sobre venda de cartões e operação

Na semana que vem, será lançado também o hotsite oficial do Réveillon MetrôRio. Na página, os usuários poderão checar a disponibilidade de cartões por horário e conferir todos os detalhes da operação.

SERVIÇO:

 

Vendas entre 10/12 e 28/12: os cartões podem ser adquiridos, de 10/12 a 28/12, nas estações Pavuna, Uruguai, Central, Carioca, Siqueira Campos e Jardim Oceânico. As vendas são limitadas ao estoque de cada horário e a quantidade de dez cartões por cliente.

Vendas entre 29/12 e 31/12: a partir do dia 29/12, os clientes poderão adquirir o seu cartão apenas na estação Carioca. As vendas são limitadas ao estoque de cada horário e a quantidade de dez cartões por cliente.

Horário de venda: as bilheterias especiais funcionarão das 10h às 21h.

Preço: R$ 8,60 (ida e volta); R$ 4,30 (ida ou volta). Os clientes com necessidades especiais, menores de seis anos e maiores de 65 anos deverão apresentar um documento oficial de identificação para embarcar no sistema durante a operação especial. É importante ressaltar que o cartões Giro e RioCard não serão aceitos para embarque durante a operação especial.

Embarque de bicicletas, pranchas e grandes volumes: devido à operação especial de Réveillon, durante todo o dia 31/12, não será permitido o embarque de bicicletas, pranchas de surfe e outros grandes volumes.