Autódromo, um palco mal cuidado

Plantão Barra - Mato cresce e atrapalha a pista
 

No fim de semana de 16 a 18 de abril acontece no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Jacarepaguá, uma espécie de Racing Day, competição que reúne duas importantes categorias do automobilismo nacional. Estarão competindo pilotos da Fórmula Porsche e Fórmula Truck, que chega pela primeira vez ao Rio de Janeiro na temporada em que completa 15 anos.

O autódromo de Jacarepaguá será palco também de diversas competições das Olimpíadas de 2016 e será fechado para reformas. De acordo com o administrador Waltair, a data ainda não foi definida. A organização do evento encontrou um local com muitas deficiências, segundo o assessor de imprensa Dinho Leme. “Hoje, infelizmente, metade do autódromo já é cortado. Em todos os lugares em que chegamos, nós realizamos algumas obras de infraestrutura como banheiros e arquibancadas, e isso é parte da nossa filosofia”, esclarece.

Leme comenta ainda que no Rio a organização alugou máquinas, comprou cortadores de grama e contratou operários para limpar o espaço, que estava tomado pelo capim muito alto. “A produção e sua equipe chega com um mês de antecedência e providencia o necessário para a realização do evento. Quando aqui chegamos não havia energia nem água no local. Apesar dos problemas, todas as categorias do automobilismo gostam de competir no Rio de Janeiro”, afirma o assessor.

Os eventos que acontecem no autódromo geram mais de 200 empregos diretos. Os organizadores contrataram os fornecedores e serviços locais de catering, alimentação, segurança, entre outros. Com o fechamento do autódromo e sem previsão de construção de um novo palco para o automobilismo, esses eventos deixariam a cidade. Se a Fórmula Truck retorna ao Rio no próximo ano, isso é uma incógnita, de acordo com Leme. Confirmada, apenas a etapa da Stock Car no mês de maio.

Fonte: Margareth Santos – AIB

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.