Banco Mundial afasta risco de recessão nos EUA

Banco Mundial afasta risco de recessão nos EUA
 
O presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, disse nesta terça-feira (6/9) que considera “improvável” que a economia dos Estados Unidos entre em um processo recessivo global apesar dos riscos. Porém, o diretor do Comitê Monetário e Financeiro Internacional (CMFI), Tharman Shanmugaratnam, é menos otimista e não descarta a possibilidade de recessão na economia norte-americana.
 
"Eu não acho que os Estados Unidos e o mundo voltem a ter uma dupla queda, mas há um alto grau de incerteza", disse Zoellick, durante sessão em Cingapura. As observações dele ocorrem no momento em que há uma série de temores rondando a economia dos Estados Unidos em decorrência dos impactos da crise econômica internacional e o desemprego do país.
 
Para Shanmugaratnam, há um risco de recessão que inclui até a Ásia. Ele lembrou que a Europa está com problemas e os Estados Unidos também. A expectativa de melhora está concentrada no pacote econômico que será anunciado pelo presidente norte-americano, Barack Obama, no próximo dia 8.
Hoje, a Bolsa de Valores de Tóquio fechou em baixa. O índice Nikkei, que engloba os principais valores caiu 2,21% fechando em 8.590,57 pontos. O Topix, índice mais amplo, caiu 1,93%, registrando 741,20 pontos.
 
*Com informações das agências públicas de notícias da Argentina, Telam, e de Portugal, Lusa.

Fonte: Agência Brasil

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.