Banco Mundial conhece sistema do Bilhete Único

Banco Mundial conhece sistema do Bilhete Único
 
O secretário de Transportes, Julio Lopes, e o presidente da Fetranspor, Lélis Teixeira, apresentam nesta terça-feira (15/2) o sistema que opera o Bilhete Único Intermunicipal ao diretor do Banco Mundial no Brasil, Makhtar Diop. Na sede da RioCard, no centro do Rio, o grupo observa em tempo real as mais de 600 mil movimentações diárias feitas através de uma das principais ferramentas de integração social implantadas pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro.
 
Em um ano de operação, o primeiro cartão do Brasil de uso metropolitano beneficia mais de 1,5 milhão de cidadãos. Durante este período, foram realizadas 230 milhões de viagens entre os 20 municípios da Região Metropolitana do Rio. De acordo com uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas, divulgada em novembro de 2010, o Bilhete Único possibilita uma economia média individual de R$ 2,62 por dia. O benefício também proporcionou um crescimento de mais de 1% no índice de empregabilidade no Estado do Rio de Janeiro.
 
Depois da reunião na sede da Fetranspor, o representante do Bird e o secretário de Transportes, acompanhados pelo empresário Eike Batista, visitam o Porto do Açu, em São João da Barra. Na oportunidade, será apresentado o Plano Diretor de Transporte e Logística para a região do petróleo. O estudo visa mapear todo sistema logístico fluminense através de parceria entre Estado, LLX e Banco Mundial.

Fonte: Governo do Rio

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.