Bela Ischia investe em estações de tratamento e ações ambientais

Com um açude de seis hectares, estação de tratamento, com capacidade para 700 mil litros/dia, e estação para tratamento de efluentes, a empresa passou a ter uma economia de água de 50%
 

 

A Bela Ischia que iniciou suas atividades em 1967 no mercado de frutas frescas, hoje conta com uma variedade de produtos e sabores, de sucos, concentrados, polpas frescas, entre outros. A empresa investiu R$ 2 milhões em projeto de autossuficiência de água para sua produção e continua investindo em tecnologias ecologicamente eficientes. Com um açude de seis hectares, estação de tratamento, com capacidade para 700 mil litros/dia, além de outra estação para tratamento de efluentes, a empresa passou a ter uma economia de água de 50%. As ações garantem a independência de água para a empresa, que produz 4 milhões de litros de sucos por mês.

 

“Além da independência na produção, essa aquisição proporciona um maior controle de qualidade da água que é utilizada na indústria. Sem contar a nossa preocupação com o meio ambiente. Temos um cuidado muito grande na captação em águas superficiais, preservação dos mananciais subterrâneos. E como toda a água residual só é devolvida ao meio ambiente após ser previamente tratada, trabalhamos para a conservação dos rios e lençóis subterrâneos. É nosso dever conservar os rios e proteger a biodiversidade”, explica Rodrigo Tilli, diretor-geral da Bela Ischia. 

 

A Bela Ischia também realiza o reflorestamento, com plantio de árvores nativas ao redor do açude, e utiliza a técnica da compostagem, onde todo resíduo orgânico é reaproveitado para a produção de adubos utilizados nos próprios pomares. Hoje a empresa reutiliza e recicla cerca de 90% dos resíduos sólidos gerados. 

 

A fábrica da empresa, os pomares e as estações de tratamento ficam em Astolfo Dutra, interior de Minas Gerais.

RPM Comunicação
Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 769/503 – 22050-002
Tel. + 55 21 3478-7400
www.rpmcom.com.br

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.