Bilhete Único INTERMUNICIPAL: usuários devem realizar cadastro

Os beneficiários que já possuem renda declarada na faixa entre R$ 3.000,01 e R$ 3.205,20 não precisarão realizar a atualização
 

A partir de quinta-feira, dia 22 de março, quem possui renda mensal bruta de até R$ 3.205,20 passa a ter direito ao Bilhete Único Intermunicipal (BUI), conforme publicado no Diário Oficial do dia 20 de fevereiro. O limite de renda, que anteriormente era de R$ 3 mil, foi fixado pela Lei Estadual nº 7.506, de 29 de dezembro de 2016.

 

Para fazer jus ao benefício, o usuário deve realizar o cadastro da renda no site https://www.riobilheteunico.com.br/declaracao/login.

 

Os beneficiários que já possuem renda declarada na faixa entre R$ 3.000,01 e R$ 3.205,20 não precisarão realizar a atualização, devendo o empregador solicitar a ativação do benefício no site Comprador, da RioCard.

 

O usuário que tiver mais de um empregador associado a um único cartão eletrônico terá as rendas individuais, cadastradas pelos empregadores, somadas. Para ser contemplado com o benefício tarifário, essa soma não pode ultrapassar a renda mensal de R$3.205,20. O contratante também fica responsável por atualizar a situação cadastral dos funcionários dispensados, em até 15 dias úteis, a contar da data da rescisão.

 

Após o procedimento, a habilitação será automática, quando o usuário encostar o cartão em um terminal de consulta, ou em até 48 horas, quando optar por habilitá-lo em uma das três linhas de ônibus mais utilizadas.

 

A partir do dia 22 de março também ocorre o reajuste do BUI de R$ 8 para R$ 8,55. O valor foi fixado pelo mesmo índice de reajuste das tarifas de ônibus intermunicipais, de R$ 6,84%, aplicado pela Portaria Detro/Pres nº 1.373, de 11 de janeiro de 2018.

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.