Blog sobre trabalhos sobre Educação no Trânsito

Blog sobre trabalhos sobre Educação no Trânsito
 

A campanha do Detran Trânsito Responsa, em parceria com escolas e universidades fluminenses, ganhou esta semana um espaço virtual onde alunos, professores e o DETRAN podem interagir, trocar ideias e expor trabalhos relacionados à Educação para o Trânsito.

Trata-se de um blog (www.transitoresponsa.blogspot.com) que será atualizado constantemente graças ao trabalho do DETRAN e das escolas e alunos de todas as redes do Estado do Rio de Janeiro. O blog foi lançado na Rede Estadual nesta quinta-feira, dia 15 de abril, durante as atividades do Trânsito Responsa no CIEP 355 Roquete Pinto, em Queimados.

– O nosso objetivo é que cada pessoa que receba educação para o trânsito transmita isso para suas famílias e amigos. Não adianta guardar só para ela. Queremos formar uma grande onda de comprometimento, de mudança de atitude, para construir um trânsito exemplar no Estado do Rio de Janeiro – explica Janete Bloise, coordenadora de Educação do DETRAN-RJ.

Essa mensagem foi passada aos 140 alunos do CIEP Roquete Pinto, que assistiram com atenção a um vídeo de 25 minutos sobre os perigos do trânsito e participaram de um quiz com 12 questões, valendo prêmios.

– Foi uma alegria imensa ver a receptividade de todos. Durante o filme, eles se emocionaram e passaram do estado de euforia para a conscientização. Esperamos agora que eles façam acontecer a educação no trânsito – conta Bloise, que espera apresentar o Trânsito Responsa a 12 mil alunos ainda este ano.

A emoção foi ainda maior quando a diretora da escola anunciou que uma aluna do CIEP havia sofrido um acidente de trânsito na véspera.
– Os alunos entenderam que o acidente não escolhe a sua vítima e que é preciso estar atento – diz Bloise.

Considerado por anos como um dos países menos seguros para o trânsito do mundo, o Brasil vem esboçando uma reação desde a aplicação da Lei Seca, em 2008. No Estado do Rio, os números são positivos: em 2009, houve uma queda de 14% no número de mortes no trânsito. Mesmo assim, são 2.373 mortes em um ano. Um número que ainda pode melhorar muito.
– Os resultados recentes mostram que podemos mudar. O acidente não ocorre por acaso, é possível preveni-lo – conclui Bloise.

Fonte: Secretaria de Educação

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.