Boa reputação nas redes sociais é fundamental

Internet como ferramenta de comunicação
 

Investir em redes sociais é uma estratégia que nenhuma empresa mais pode ignorar. Menos ainda aquelas que querem evoluir. Para isso, sabem o quão importante é conhecer a opinião do cliente sobre seus produtos ou serviços. 

Na verdade, para uma empresa prestadora de serviços ou fabricante de produtos estar nas mídias sociais não é mais uma opção: ela querendo ou não, a sua marca ou produto já está lá nas redes digitais – elogiados ou criticados abertamente, sem nenhuma restrição.

Isso quer dizer que você  está exposto. No excelente documentário Us Now, sobre a sociedade em rede, Dan Tapscott diz: "Toda empresa está se desnudando. E se você vai estar nu, então uma boa condição física não é mais uma opção. Se você vai ficar nu, é melhor que esteja em boa forma".

As grandes corporações já  entenderam isso. Recentemente, o gerente de Novas Tecnologias Aplicadas da IBM Brasil, Cezar Taurion, afirmou em um seminário em São Paulo que o que move uma gigante como a IBM, hoje, praticamente são as redes sociais. (http://www.socontactcenter.com/noticia.asp?id=360)

Seja verdadeiro e tenha paciência

Artigo divulgado pela influente Harvard Business Review mostra como as ferramentas de redes sociais – Twitter, Linkedin, Facebook, Orkut, MySpace e outras – podem se transformar num manancial de informações e idéias inovadoras para aumentar os negócios. Mas precisam ser bem administradas.

Não adianta você ter um serviço ou produto ruim e querer fazer sucesso nas redes online. Isso tem a ver com uma palavra que está cada vez mais na moda: reputação. O conceito não é difícil de compreender, porque todos nós conhecemos esta realidade desde cedo.

Não se constrói reputação da noite para o dia. Talvez esta seja a primeira e principal diretriz para seus trabalhos online: seja verdadeiro, seja presente, tenha paciência e esteja pronto para ouvir.

E isso não quer dizer que você tem que montar o seu cantinho corporativo em todas as ferramentas na web. Mas em algumas, sem dúvida, crie sim! Marque presença e entre na ciranda da informação. Mas não espere o controle sobre esta informação, não espere ser o centro das atenções, sem se esforçar. Isso simplesmente não vai acontecer.

E como tirar proveito desse caos todo? Aproveite a vontade das pessoas em colaborar, compartilhar e, principalmente, conversar com sua corporação. Esteja atento a todas as dicas, observações e comentários feitos sobre o seu negócio. Ao mesmo tempo responda, dialogue, contraponha quando for necessário. Por fim, evolua e mostre aos que colaboraram qual foi a importância da ação deles para o sucesso da estratégia.

Fonte: Fábio Bito

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.