Bom Jesus do Itabapoana recebe biofábrica

Projeto é desenvolvido com Faperj
 

O governador Sérgio Cabral inaugura, nesta sexta-feira (10/7), uma biofábrica no município de Bom Jesus do Itabapoana, no Noroeste Fluminense. O projeto é desenvolvido com o apoio da Faperj, em parceria com o Laboratório de Melhoramento Genético Vegetal da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF) e tem como objetivo o melhoramento genético para a cultura da goiaba.

Esta é a primeira biofábrica financiada pela Faperj no estado e, de acordo com o secretário de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso, o projeto poderá se repetir em outros municípios. O investimento foi de R$ 369 mil.

– Essa fábrica vai garantir a melhora na qualidade do produto e aumentar a produtividade, além de ser uma forma contemporânea de aumentar a produção. A integração entre empresas e o Estado é uma forma de fazer projetos como esse se proliferarem em outras regiões – afirmou Cardoso.

A biofábrica de Bom Jesus do Itabapoana produzirá não só mudas de goiaba com melhoramento genético, mas também de outras árvores frutíferas de interesse comercial e que se destacam especialmente no estado do Rio, como banana e abacaxi. Outra área que será explorada é a produção de mudas de plantas ornamentais, atendendo, principalmente, a produtores que, hoje, buscam, em São Paulo, mudas para serem cultivadas nos viveiros fluminenses.

Para o secretário, a implantação do projeto terá um grande impacto para a Região Noroeste:

– Ela vai possibilitar a inserção de novas tecnologias e opções de negócios, o que vai gerar grande incremento no PIB das regiões produtoras – afirmou.

Resultados previstos

•Produção de mudas de alta qualidade;

•Obtenção de novos genótipos com possibilidade de utilização como variedades de enxertos ou porta-enxertos visando o controle do nematóide;

•Atendimento ao mercado consumidor de mudas prontas ou em aclimatação de espécies frutíferas e ornamentais;

•Atendimento de demandas de diversos viveiristas e produtores do estado do Rio e demais estados da federação;

•Possibilitar a implantação de um polo de produtores de mudas na região Noroeste Fluminense. 
 

Fonte: Governo do Estado RJ

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.