Caixa realiza o sétimo leilão de jóias

Leilão
 

Nos próximos dias 27 e 28 de julho, a CAIXA realiza o sétimo leilão de jóias no Rio de Janeiro, neste ano de 2009,  referente a contratos vencidos a mais de 30 dias e que não foram regularizados com a Instituição até o momento.

Estão selecionados para fazer parte deste evento 8.599 contratos. Mas a expectativa da CAIXA é de que até o dia 28, último dia de exposição do leilão, grande parte dos mutuários compareça às agências da instituição para renovar ou retirar seus bens.                                                              

A exposição acontece no edifício-sede da CAIXA, situado à Avenida Rio Branco, 174/3º andar, no horário das 10 às 15 horas. São contratos provenientes de 24 agências do Rio: Tiradentes/RJ (3072), Niterói/RJ (0174), Barra do Piraí/RJ (0177), Cabo Frio/RJ (0179), Macaé/RJ (0184), Nova Iguaçu/RJ (0185), São João de Meriti/RJ (0190), Teresópolis/RJ (0193), Andaraí/RJ (0201), Bandeira/RJ (0202), Bangu/RJ (0203), Itaboraí/RJ (0811), Angra dos Reis/RJ (0887), Jardim Botânico/RJ (2270), Presidente Vargas/RJ (2387), Rosário/RJ (2834), New York City/RJ (2905), Cardeal Arcoverde/RJ (2912), Américas/RJ (2913), Armando Lombardi/RJ(2954), Praça Mauá/RJ (2956), Passagem/RJ (3106), Pelinca/RJ (3239) e Jardim do Méier/RJ (4147).

Os lotes serão vendidos pela maior oferta, considerando o valor da dívida e o valor da avaliação. Neste leilão, o lote mais barato está avaliado em R$ 63,00. Trata-se de um colar de ouro, pesando 2,10g (dois gramas e dez centigramas). Já o lote mais caro está avaliado em R$ 23.100,00. Ele contém uma partida de diamantes, pesando 10,03g (dez gramas e três centigramas).

 No balanço dos cincos leilões de jóias realizados no Rio de Janeiro até junho de 2009 – o sexto ainda não foi totalmente contabilizado – foram colocados 86.467 lotes na licitação, com mais de 45% de renovação das jóias e vendidos mais de 25.000 lotes.

PRIORIDADE

Como sempre acontece, os clientes titulares dos contratos incluídos no leilão poderão regularizar a situação com a CAIXA até o dia 28 de julho, durante o horário bancário, inclusive por meio dos equipamentos disponíveis nas salas de auto-atendimento. Após a regularização, as peças são retiradas automaticamente do processo de alienação.  A prioridade é sempre do titular do contrato, e os lances são anulados.  

Os interessados em participar da licitação deverão dar lances nos dias 27 e 28 de julho, em qualquer agência da CAIXA, nos terminais de auto-atendimento, no horário de funcionamento dessas salas.  

Podem participar do leilão pessoas física e jurídica. Para isso, são necessários a identificação e o cadastramento em qualquer agência da CAIXA. 

O resultado do leilão será divulgado no dia 29  (quarta-feira), a partir das 12 horas, no mesmo local da exposição, Av. Rio Branco, 174 – 3º andar.  Outra alternativa é pesquisar no site da CAIXA. O pagamento deverá ser efetuado no dia do resultado, integral ou parcialmente, com um sinal de 20% sobre o valor ofertado. 

Se optar pelo pagamento de sinal, o restante deverá ser integralizado em 48 horas, ou seja, até o dia 31 de julho (das 10 às 16 horas). Para os pagamentos em cheque, as jóias somente serão liberadas após a sua compensação. As peças somente poderão ser retiradas após a quitação.

O catálogo de licitação de jóias contendo a descrição dos lotes poderá ser adquirido no local do leilão, ou capturado na internet, no endereço: www.caixa.gov.br.

 

SOBRE O PENHOR – Uma das linhas de crédito mais tradicionais e populares, o Penhor e o Micropenhor são atrativos por possibilitarem facilidades de acesso ao crédito, rapidez e juros baixos. Não há exigência de avalista e nem ficha cadastral e a jóia é a garantia do crédito. Os prazos de contratação da operação variam de 01 a 120 dias, com a opção de renovação no vencimento do contrato. O limite mínimo de empréstimo é de R$ 50,00 e o máximo de R$ 50 mil, por cliente. O empréstimo corresponde a 85% do valor de avaliação do bem.

Já o Micropenhor se destina àqueles que não possuem saldo médio mensal em conta corrente ou aplicação financeira acima de R$ 3 mil, na CAIXA ou em outros bancos. O empréstimo é limitado a R$ 1 mil, com taxa de juros efetiva de 1,72% ao mês e prazo máximo para pagamento de até 120 dias, também com a opção de renovação no vencimento do contrato.

Em todo o estado do Rio,  são 75 agências que  operam com o programa Penhor.  

 SERVIÇO:

Leilão de Jóias: Av. Rio Branco, 174/3º andar

Exposição de jóias: dias 27 e 28 de julho de 2009 (segunda e terça-feira) – das 10h às 15 h

Lances: dias  27 e 28 de julho de 2009, nos terminais de auto-atendimento das Agências da CAIXA, limitado às 20 h.

Resultado: dia 29 de julho (quarta-feira), a partir das 12 h, no próprio local de exposição ou no site da CAIXA. 

Fonte: Caixa

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.