Câmara de Litígios da Saúde atende 30 mil pessoas

Foram registrados 54% de êxito em soluções junto a órgãos
 

 2857939

Desde setembro de 2013, a Câmara de Resolução de Litígios da Saúde (CRLS) realiza o atendimento à população solucionando demandas como oferta de medicamentos, agendamento de procedimentos cirúrgicos ou clínicos, internações e exames médicos. Com uma curva crescente no número de casos solucionados – que saltou de 35%, no lançamento da Câmara, para 54%, apenas este ano – o projeto já atendeu 30 mil pessoas em menos de três anos de funcionamento.

 

A CRLS reúne procuradores do Estado e do Município, defensores públicos do Estado e da União, além de representantes das secretarias estadual e municipal de Saúde. A junção desses órgãos permitiu identificar as falhas do próprio sistema de saúde, possibilitando tomar ações preventivas.

 

Cerca de 90 pessoas procuram o atendimento da CRLS diariamente. Segundo Ciro Grynberg, subprocuradorgeral do Estado do Rio de Janeiro, a principal missão da Câmara é atender à população de forma mais rápida, garantindo o direito social à saúde.

– A questão é que, muitas vezes, as concepções de como fazer isso eram diversas e a Câmara chegou com esse grande papel de renovação. Todos os órgãos conseguiram colocar seus pontos e necessidades específicas e assim conseguimos chegar a uma solução melhor e mais rápida para o paciente – afirmou Grynberg.

 

 


Assistência qualificada 

Os pacientes que buscam a Defensoria Pública do Estado com demandas relativas à saúde, que levavam cerca de quatro meses para serem finalizadas, são encaminhados para a CRLS, onde são atendidos por assistentes sociais qualificados. Após o primeiro acolhimento, o segundo passo é o atendimento administrativo, onde todos os dados dos assistidos são digitalizados.

 

– É criado então um prontuário digital, com todo o histórico do cidadão na CRLS. E antes que a Defensoria do Estado entre com qualquer tipo de ação judicial, é verificada a possibilidade da solução dessa demanda. Ou o problema será resolvido sem a necessidade de judicialização, ou vai ser encaminhado para a Defensoria. Dizemos sempre que os pacientes acabam se vinculando à Câmara porque é onde conseguem resolver seus problemas e tentam sempre voltar – ressaltou Rita de Cassia Mello, coordenadora da CRLS.

 

A Câmara de Resolução de Litígios da Saúde funciona de segunda a sexta-feira, das 10h às 15h, na Rua da Assembleia, 77, Centro. Após as 15h e até as 16h30, são realizados atendimentos de urgência, como internação e transferência.

 

 

 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.