Campanha sobre importância da mamografia

Campanha sobre importância da mamografia
 
Uma campanha para alertar as mulheres quanto à necessidade de se fazer anualmente o exame de mamografia e sobre a importância do diagnóstico precoce contra o câncer de mama será lançada no Rio, com apoio das sociedades brasileiras de Mastologia e de Oncologia Clínica e do Instituto Oncoguia.
 
O câncer de mama é apontado pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca) como a maior causa de morte entre as mulheres no Brasil, com mais de 11 mil óbitos por ano registrados em 2008. Na maioria dos casos, a doença só costuma ser diagnosticada quando já está em estágio avançado. O Inca estima que em 2010 surgirão 49,4 mil casos de câncer de mama no Brasil.
 
A situação é ainda mais alarmante em termos mundiais. “A cada 24 segundos, uma mulher recebe o diagnóstico de câncer de mama e, a cada 68 segundos, uma mulher morre [devido à doença]”, informou à Agência Brasil a presidente do Instituto Oncoguia, Luciana Holtz, que é psicóloga especializada em câncer.
 
Luciana Holtz afirmou que a Campanha Dia Rosa no Rio de Janeiro – Câncer de Mama Vem para Conscientizar e Alertar. “A campanha está toda focada na importância da mamografia e na necessidade de incentivar que as mulheres com mais de 40 anos façam esse exame. E, junto, a gente está falando da importância da detecção precoce. Hoje, quando a gente descobre o câncer ainda pequenininho, pode falar em cura, em qualidade de vida, em menos sofrimento.”
 
Para a presidente do Instituto Oncoguia, cuja missão é ajudar o paciente com câncer e toda a sociedade a viver melhor, por meio de ações estratégicas de prevenção e promoção à saúde, a mulher deve estar consciente do que tem que fazer para se cuidar. “Hoje, infelizmente, a gente sabe que ainda existe preconceito e desinformação. A gente ainda escuta da mulher que não faz mamografia porque dói ou porque tem fila, ou porque o médico não pediu.”
 
A Lei 11.664/2008, que entrou em vigor no dia 29 de abril do ano passado, garante a todas as mulheres com mais de 40 anos o exame mamográfico de forma gratuita no Sistema Único de Saúde (SUS).
 
“Ela tem que ir ao posto de saúde, passar pelo ginecologista uma vez por ano e não pode sair da consulta sem o pedido da mamografia”, advertiu a presidente do Instituto Oncoguia.

Fonte: Agência Brasil

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.