Caos no Rio de Janeiro

Chuvas fortes atrapalham vida dos cariocas
 
Trânsito parado, ruas alagadas, rios transbordando e estabelecimentos fechados, esse foi o cenário encontrado por centenas de cariocas que tentaram deixar as suas casas na terça-feira (06/04). A chuva continua na quarta-feira (07/04) e é a maior dos últimos 40 anos.
Com a intensa chuva que caiu sobre a cidade desde segunda-feira (05/04), o prefeito do Rio, Eduardo Paes, aconselhou os cariocas a ficarem em casa, mas o Rio continua em estado de emergência. Ao todo mais de cem pessoas já morreram.
As regiões mais atingidas foram as zonas Norte (Andaraí, Lins de Vasconcelos e Tijuca) e Oeste (Praça Seca e Freguesia).
 
Os riscos de desabamento continuam fortes, a Defesa Civil pede que as pessoas só a chamem caso o problema seja realmente sério, a cidade continua em estado de alerta. O governador decretou luto oficial. A ceasa recolhe ajuda para as pessoas atingidas pelo temporal.
A população pede que autoridades comecem a se preocupar mais com os resultados que essa forte chuva causa na cidade, já as autoridades afirmam que essa foi uma situação atípica e que qualquer cidade não estaria preparada para suportar todo esse volume de água. De acordo com especialistas a topografia da cidade contribuiu muito para esse caos que se instalou na cidade, o Rio é uma faixa entre montanha e mar, as chuvas que caem na montanha acabam descendo até as casas, como o mar não suportou o volume das águas eles acabaram transbordando.

Fonte: Redação e prefeitura do Rio

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.