Cedae amplia oferta de água

Região Conleste
 

Melhorias em Ponta Negra, distrito de Maricá, e em Tanguá beneficiam mais de 40 mil habitantes na área de influência do Comperj.

DATA: HOJE, SEXTA-FEIRA (17/09)

HORÁRIO e LOCAL:

 14h – Praça Nossa Senhora das Graças, s/nº, Ponta Negra, Maricá;

16h30 – Rua Vereador Manoel de Macedo, 680, Centro de Tanguá, em frente à sede da Prefeitura 

A Nova Cedae inicia nesta sexta-feira (17/09), às 14h e às 16h30, respectivamente, as obras de ampliação do sistema de abastecimento de água no distrito de Ponta Negra, Maricá, na Região dos Lagos, e em Tanguá, na Região Metropolitana. O projeto marca mais uma intervenção da Cedae visando melhorar a oferta de água nos municípios da região do Conleste (Consórcio Intermunicipal da Região Leste Fluminense), área de influência do Comperj. 

– Orçado em R$ 10,8 milhões, o conjunto de ações nas duas cidades resulta de parceria entre os governos estadual e federal, que beneficiarão uma população estimada em mais de 40 mil habitantes – informou o presidente da Cedae, Wagner Victer. 

No distrito de Ponta Negra serão construídas estação de tratamento de água e elevatória com três conjuntos de bombas, reservatório com capacidade para 1 milhão de litros e casa de química com estrutura para atender  à vazão diária de 3,12 milhões de litros. Na localidade também serão feitas mais de mil novas ligações residenciais com fornecimento de hidrômetros e instalados quase 50 mil metros de tubos, entre outras melhorias. 

Já no município de Tanguá, além da construção de elevatória de água tratada, nova comporta possibilitará uma melhoria na captação de água. Também serão assentados 6.100 metros de tubulação de ferro fundido para uma nova adutora de água bruta e assentados 3,2 mil metros de tubos. A casa de química será adaptada para atender a nova vazão de água e serão instalados dois módulos de tratamento de água, metálicos, para uma vazão final diária de 7,2 milhões de litros.  

– Vale destacar que tanto em Ponta Negra como em Maricá, a Cedae ainda construirá leitos para secagem do lodo oriundo da água tratada e reservatório com capacidade para um milhão de litros – afirmou Victer.  

Participarão da cerimônia de início das obras o ministro das Cidades, Márcio Fortes, o presidente da Cedae, Wagner Victer, o secretário estadual de Obras, Hudson Braga, e os prefeitos de Maricá, Washington Quaquá, e de Tanguá, Carlos Roberto Pereira.  

 

Fonte: ACOM-DP

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.