César Cielo: O homem de ouro

Brasileiro quebra recorde mundial dos 100 metros livre
 

Um atleta obstinado e veloz. César Cielo com certeza já havia demonstrado seu talento no Pan Americano no Rio de Janeiro levando ouro. O treino duro de muitos anos agora rendeu um título inédito: recorde mundial e ouro nos 100 metros livre.

Em 46s91, o brasileiro foi e voltou na piscina do Foro Itálico para bater o recorde mundial da prova e garantir o primeiro ouro do país no Mundial de Esportes Aquáticos, em Roma.
 
O jovem que bate em si mesmo antes de entrar na piscina comemorou todo vermelho (das próprias pancadas) e traz para o Brasil um título que há 27 anos atrás foi conquistado por Ricardo Prado.

A prata ficou com o francês Alain Bernard (47s12), e o bronze foi conqusitado pelo também francês Frederick Bousquet (47s25).

A performance de Cielo rendeu elogios de outro gigante das piscinas, o americano Michael Phelps, maior campeão olímpico de todos os tempos – com 14 medalhas de ouro. O norte-americano, que não participou de nenhuma final nesta quinta-feira, resolveu assistir às disputas do Mundial das arquibancadas do Foro Itálico de Roma.

Sem camisa, descontraído, ele viu o brasileiro conquistar o ouro nos 100 metros livre e bater o recorde mundial (46s91). Depois, mostrou preocupação para o prosseguimento de sua carreira, já que pretende disputar a prova na Olimpíada de Londres, em 2012.

Depois da final dos 100 metros livre, Phelps deu entrevista à rede de tevê norte-americana NBC e não poupou elogios a César Cielo. "Ele é incrível, com certeza o melhor velocista da atualidade", afirmou o supercampeão. "Hoje eu não teria a mínima chance de bater o brasileiro", reconheceu.

 

Fonte: Redação

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.