Chevrolet Camaro traz tecnologia e esportividade

Salão do Automóvel
 

Interior mescla esportividade com elementos retrô, inspirados na primeira geração.
Camaro trará o HUD (Head-Up Display), que reflete informações do carro como velocidade e rotação do motor no para-brisa

A Chevrolet anunciou a chegada do Camaro para o Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. Além disso, já divulgou que a versão a ser importada será a 2SS, equipada com o potente motor V8 de 406 cv, transmissão seqüencial/automática de seis velocidades, freios da marca Brembo, rodas de liga leve aro 20 polegadas e que virá, inicialmente, em cinco diferentes cores: amarelo, branco, prata, preto, e vermelho.

Agora, é a vez de conhecer o interior do Camaro. Desenhado para abrigar quatro passageiros, o habitáculo do esportivo conseguiu equilibrar design moderno, com inspiração em alguns elementos retrôs, e atenção máxima aos detalhes. O habitáculo envolve o motorista, passando a impressão que tudo foi feito pensando nele e no controle do carro.

Para começar, o volante de três raios é revestido em couro e conta com ajuste de altura e profundidade. Ele impressiona: primeiro pelo visual diferenciado, já que o aro da direção fica levemente levantado em relação ao centro, que estampa o nome do carro – ao invés do logo da Chevrolet. Segundo, pela pegada esportiva e por conter os comandos do rádio e do controlador automático de velocidade embutidos.

O painel de instrumentos é futurista. Os mostradores são em profundidade e envolvidos por duas molduras quadradas, que dão um toque de esportividade e requinte ao interior do Camaro. Eles têm a iluminação em Ice Blue, encontrada no Malibu e no Agile. No mostrador da esquerda, fica o velocímetro e o marcador de temperatura do motor. No centro está a tela de cristal líquido, com as informações do computador de bordo e, à direita, fica o conta-giros, com o indicador do nível de combustível. No console central, ainda vão quatro outros marcadores em formato retangular, que medem a pressão e a temperatura do óleo, a voltagem da bateria e a temperatura do fluido da transmissão de marchas.

Os bancos do Camaro foram desenhados para oferecer o máximo de conforto e a segurança necessária para uma pilotagem mais esportiva. Na versão 2SS, eles são revestidos em couro e tem seis regulagens elétricas para o motorista e duas para o do passageiro, além de contar com aquecimento.

Para completar, os painéis de portas são confeccionados em uma resina especial, rígida, que tem uma fileira de LEDs, também em Ice Blue, que percorre quase toda a sua extensão, aumentando o ar futurista do interior do Camaro.

Tecnologia a serviço do motorista

O sistema de entretenimento do Camaro inclui rádio com CD Changer para seis discos, MP3 Player, Bluetooth, entrada auxiliar e entrada USB (no console central), além de um sistema premium de 245 watts, da Boston Acoustics que conta com nove alto-falantes. O Camaro também oferece travas elétricas das portas e vidros com acionamento do tipo "one touch" tanto para o motorista quanto para o passageiro.

Além disso, o Camaro conta com o PDIM (Portable Device Interface Module). Trata-se de um sistema que permite transmitir áudio de qualquer dispositivo que tenha Bluetooth para o sistema de áudio do carro, sem a necessidade de cabo.

No entanto, uma das grande novidades do Camaro é estar equipado com o Head-Up Display (HUD), um sistema que reflete algumas informações no para-brisa do veículo. A idéia é a de que, em um veículo esportivo (o Corvette também oferece o equipamento), o motorista não desvie o olhar da estrada – por isso as informações ficam refletidas diretamente para-brisa. O HUD nasceu em projetos militares que a GM executou para as forças armadas norte-americanas. Dentre as informações refletidas, o motorista pode visualizar a velocidade, a rotação do motor e a até a estação de rádio. O condutor ainda pode personalizar a altura e a intensidade das imagens.

Além de todo desempenho que o Camaro oferece, o esportivo também traz tecnologias para o auxílio na condução. A primeira delas tem como objetivo a economia de combustível. É o AFM (Active Fuel Management) ou desligamento automático dos cilindros. Em velocidades de cruzeiro, como em uma viagem tranquila por uma estrada, o sistema de injeção desliga quatro cilindros, reduzindo o consumo de combustível – que pode ser aferido pelo computador de bordo – e aumentando significativamente a autonomia do esportivo.

Para pilotagens mais esportivas, além das borboletas localizadas atrás do volante – permitindo trocas de marchas sem que o motorista tire as mãos do mesmo – o Camaro oferece controles de estabilidade e de tração, ajudando o motorista no caso deste cometer algum excesso ao volante. O sistema ainda pode ser desativado por meio de um botão, localizado no console central. 

Fonte: GM

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.