Cirque Du Solei fará sua estreia no Parque Olímpico, na Barra, RJ, dia 28 de dezembro

O espetáculo AMALUNA enaltece a força e o empoderamento da mulher
 

 

Amaluna-3-750x422

 

 

Cirque du Soleil retorna ao Brasil após quatro anos com uma nova superprodução, AMALUNA. Este  novo  espetáculo  enaltece  a  força  e  o  empoderamento  das  mulheres.  A  turnê  tem apresentação do Banco Original e realização da IMM.  Depois de uma temporada de sucesso em São Paulo, AMALUNA estreia no Rio de Janeiro no dia 28 de dezembro, no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

 

 

AMALUNA

Amaluna_Camila Cara00132 (548x640)AMALUNA convida o público a uma misteriosa ilha governada por Deusas e guiada pelos ciclos da  lua.  Para  marcar  a  passagem  de  sua  filha  Miranda  à  idade  adulta,  a  rainha  Prospera comanda uma cerimônia que homenageia a feminilidade, a renovação, o renascimento e o equilíbrio, e marca a passagem dessas ideias e valores de uma geração a outra. 

 

Após   uma   tempestade   causada   por   Prospera,   um   grupo   de   jovens   aporta   na   ilha, desencadeando uma história épica e emocional de amor entre a filha de Prospera e um bravo jovem pretendente. Mas o amor deles será posto à prova. O casal deve enfrentar inúmeras provações  difíceis  e  superar  dramáticos  contratempos  antes  que  eles  possam  alcançar  a confiança mútua, fé e harmonia.

 

AMALUNA é uma fusão das palavras ama, que se refere a “mãe” em muitas línguas, e luna, que significa “lua”; um símbolo de feminilidade que evoca tanto a relação mãe-filha quanto a ideia de deusa e protetora do planeta. AMALUNA é também o nome da misteriosa ilha onde esta história mágica se desenrola.

 

AMALUNA estreou em Montreal em 2012 e desde então já passou por 30 cidades de 10 países

e foi visto por mais de 4 milhões de espectadores.

 

UM TRIBUTO AO TRABALHO E À VOZ DAS MULHERES

 

Pela primeira vez na história do Cirque du Soleil, um espetáculo apresenta um elenco majoritariamente feminino, com uma banda inteiramente composta por mulheres. “AMALUNA é um tributo ao trabalho e à voz das mulheres”, explica o Diretor de Criação Fernand Rainville.

 

“O espetáculo é uma reflexão sobre o equilíbrio do ponto de vista das mulheres”, acrescenta a diretora Diane Paulus, vencedora do Tony Awards 2013 (Pippin) e eleita uma das 100 Pessoas Mais Influentes de 2014 pela revista Time, diz: “Eu não queria construir um espetáculo que fosse uma ‘agenda para mulheres’. Queria criar um show em que as mulheres fossem o centro, algo que tivesse uma história escondida que apresentasse as mulheres como heroínas”. Ela foi buscar  nas  referências  clássicas  a  inspiração  para  criar  o  conceito  do  espetáculo, desde histórias das mitologias grega e nórdica até A Flauta Mágica, de Mozart, e A Tempestade, de Shakespeare.

 

 

REDES SOCIAIS:

                        
Twitter: @Cirque #Amaluna

Facebook: @Amaluna

Instagram: @cirquedusoleil #Amaluna

Youtube: www.youtube.com/cirquedusoleil

 

PARA DOWNLOAD DE VÍDEOS E FOTOS:


https://tinyurl.com/amaluna-brasil

 

PRINCIPAIS NÚMEROS

 

Unicycle

Duas artistas com uma imensa saia de aros dourados entram em cena montadas sobre monociclos. Como o vento, vão cruzando o caminho uma da outra enquanto fazem surpreendentes piruetas, dançam e emocionam o público.

 

Aerial Straps

A artista voa por sobre a plateia em tecidos aéreos presos ao topo da tenda. Essa espetacular demonstração de vôo em quatro dimensões requer extrema precisão de tempo, além de habilidade e força física necessárias para se mover em alta velocidade num raio de 360 graus.

 

Peacock Dance

Romeo se aventura pela Floresta Encantada, onde testemunha a Peacock Goddess – em seu deslumbrante vestido branco – executar uma dança encantadora que representa a pureza do amor.

 

Clown Act

O servo de RomeoPapulya, chega com os rapazes e logo se apaixona por Maïnha, a babá de infância de Miranda. O sentimento é recíproco, e em pouco tempo eles começarão a formar uma família.

 

Cerceau and Waterbowl

Moon Goddess aparece a Miranda montada em um aro e lhe concede sua bênção com uma canção melancólica. Sob o olhar atento de RomeoMiranda brinca na gigantesca taça de água. Ela gradualmente toma consciência de seu corpo e expressa sua sexualidade enquanto executa um exercício de equilíbrio com bastões, antes de novamente mergulhar na taça e nadar sinuosamente. Ele se junta a ela na água, onde eles brincam inocentemente e tentam se beijar pela primeira vez.

 

Uneven Bars

Os meninos capturados ajudam as Amazonas – a feroz força feminina da ilha – a apresentar uma versão teatral e acelerada da tradicional ginástica clássica.

 

 

Um sinistro grupo de dançarinas vestidas em preto e prata realiza uma coreografia inspirada em uma dança ritual indonésia, evocando a impressionate imagem de uma mulher com mil braços. A Peacock Goddess reaparece em um disfarce funesto e faz Miranda refém, enquanto uma floresta de bastões – imagem inspirada na tradição do circo vietnamita – surge em cena para formar o portal para o mundo de trevas que Romeo deverá atravessar.

 

 

 

PRINCIPAIS PERSONAGENS

 

Prospera

Prospera é uma xamã com poderes mágicos; mas, antes disso, uma mulher de profunda humanidade. O bem-estar da filha é sua maior preocupação. Ela sabe que deve deixar Miranda encontrar o amor e trilhar o seu próprio caminho no mundo, mas não deixará de usar seus poderes para influenciar o curso dos acontecimentos pois quer sempre ser uma força protetora na vida da filha.

 

Miranda

Miranda está prestes a se tornar mulher. Romântica, divertida e cheia de sonhos, ela se encanta com o mundo de AMALUNA – suas ricas tradições, sua cultura e suas esplêndidas flora e fauna.

 

Romeo

A tempestade provocada por Prospera leva à ilha um grupo de jovens homens liderados pelo impetuoso Príncipe Romeo. Ela não se furta a interferir no destino para cruzar os caminhos de sua filha Miranda com o do rapaz. Ambos estão em busca do amor verdadeiro, mas ele ainda não imagina o quão difícil será a sua jornada.

 

Cali

Meio-lagarto, meio-humano, e muito ciumento, Cali sempre esteve ao lado de Miranda.  Ela o vê apenas como um animal de estimação, mas ele é perdidamente apaixonado por ela. E está determinado a impedir que Romeo a conquiste.

 

Moon Goddess

Moon Goddess é uma forte presença feminina em AMALUNA. Ela usa seus poderes às vezes para ajudar, às vezes para impedir os jovens amantes em sua busca – repleta de desafios – pela felicidade.

 

 

Mulheres com o material certo

AMALUNA recria no palco uma mitologia feminina fabulosa. Com influências da Ásia Menor, os figurinos das guerreiras Amazonas incluem espartilhos, imensos rabos-de-cavalo e botas de salto alto em couro preto e vermelho, em um visual que corteja mais a fantasia do que a realidade histórica.

 

Também habitam o mundo de AMALUNA uma legião de incontroláveis personagens meio-humanos, meio-animais, livremente inspirados no universo shakespereano de A Tempestade. Lagartos, pavões e fadas povoam o mesmo espaço.

 

 

 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.