Cirurgias eletivas são suspensas no Rio

Cirurgias eletivas são suspensas no Rio
 

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, anunciou nesta quarta-feira (7/4) que todas as cirurgias eletivas (que não são de urgência) que seriam realizadas pela rede federal no Rio de Janeiro foram canceladas em razão dos temporais dos últimos dias. O objetivo, segundo ele, é colocar os hospitais à disposição da rede estadual e municipal para atender pacientes com doenças como diarreia, hepatite e leptospirose, transmitidas por meio da água contaminada.

– Temos uma rede bastante grande no Rio de Janeiro e agora temos o reforço de 28 Upas [unidades de Pronto-Atendimento] que não existiam anteriormente. A rede está preparada sim para atender essa situação que, com certeza, surgirá nos próximos dias, logo depois que as águas baixarem – disse.

A primeira medida tomada pela pasta após os temporais, segundo o ministro, foi a entrega de kits com medicamentos de uso comum, material para curativos, vacinas e um produto para ser adicionado à água nos casos em que ela não for tratada. A segunda ação é alertar a população em relação às doenças.

– Muitas pessoas, infelizmente, tiveram contato com água contaminada. Toda pessoa que tiver sintomas como febre, dor no corpo e mal-estar deve procurar o serviço de saúde – orientou.

Fonte: Agência Brasil

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.