Jacaré, ex-É o Tchan, participa de leitura teatral no Midrash

Participaram da leitura Dani Ornellas, Mauricio Lima e Soraya Ravenle e a diretora Tessy Callado
 

Mauricio Lima, Dani Ornellas, Jacaré, Soraya Ravenle e Tessy Callado

 

No dia 13 de maio, Dia da Abolição da Escravatura no Brasil, o Midrash Centro Cultural apresentou a leitura teatral de uma das peças de maior sucesso do escritor niterioense Antonio Callado: “Pedro Mico”, escrita que 1957. É a primeira peça escrita no país que tem como protagonista um negro que mora na favela. E, pela primeira vez a peça será encenada por um negro, o ator e dançarino do”É o Tchan”, Jacaré. No elenco da leitura, além de Jacaré estão Dani Ornellas, Mauricio Lima e Soraya Ravenle, com direção de Tessy Callado, filha do escritor falecido em 28 de janeiro de 1997.

 

 

A peça quando foi encenada pela primeira vez trouxe os atores Paulo Goulart, Armando Bogus, Milton Moraes e Jece Valadão pintados de negros, pois não encontraram um ator negro para realizar os personagens.

 

No dia da comemoração da abolição, em 2013, Tessy realiza o sonho de seu pai com Jacaré, um ator negro, no elenco.

 

 

SINOPSE:  Pedro Mico conta a história de um malandro carioca negro e bem humorado que, escondido num barraco, tenta resistir ao cerco policial após assaltar uma joalheria. A peça é uma das quatro escritas por Antônio Callado e faz parte da série “Teatro Negro”, rico, corajoso e solidário marco na história da dramaturgia brasileira. A estreia da peça está prevista para o segundo semestre, no próprio Midrash.

FOTOS GRAÇA PAES

 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.