Alunos de escola de teatro criticam bate-papo com Rafinha Bastos e evento é adiado

Estudantes ameaçaram fazer boicote e protesto se ele fosse à instituição
 

rafinha

 

O humorista e apresentador Rafinha Bastos, do “Agora É Tarde”, havia sido convidado pela SP Escola de Teatro para promover uma roda de conversa sobre humor no sábado (14/3), mas sua participação gerou revolta entre os alunos. Porém,  os estudantes criticaram o convite nas redes sociais e disseram junto à direção da escola que, caso Rafinha aparecesse, sofreria boicote dos alunos, que mobilizariam um protesto em frente à instituição.

 

 

 
Intitulado “Roda de Conversa: O Humor”, o encontro também contaria com a presença do jornalista e dramaturgo Mário Viana e do ator Domingos Montagner, mas foi adiado na quarta-feira (11/3), sem definir uma data futura.
 
 
 
 
Segundo o diretor da instituição, Ivam Cabral, o motivo do cnacelamento não foi a reação dos alunos, mas por um problema com Montagner, que não poderia comparecer. “Foi importante pela manifestação dos nossos alunos. A conversa ainda irá acontecer, mas a questão sobre a participação de Rafinha Bastos será conversada com os aprendizes”, disse ele.
 
 
 
 
Polêmica
Uma edição do programa de Rafinha causou diversos protestos nas redes sociais ao exibir uma entrevista com o ator Alexandre Frota, que falou sobre uma relação sexual com uma mãe de santo enquanto ela estava desacordada. O episódio foi relatado em meio a risos de Frota, Rafinha e da plateia, mas provocou irritação dos internautas. O humorista chegou a pedir desculpas a quem tenha se sentido ofendido.
 
 
 
Os alunos também lembraram que março é o mês da mulher e que Rafinha Bastos já declarou comentários como: “Toda mulher que eu vejo na rua reclamando que foi estuprada é feia pra caralho”.
 
 
 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.