Angela Figueiredo e Branco Mello, dos Titãs, juntos no teatro

O casal que está junto há 20 anos, agora leva a parceria para a ficção
 

 

Branco Mello e Angela Figueiredo só foram se casar oficialmente em 2009, mas estão juntos há mais de 20 anos/ Foto: divulgação

A atriz Angela Figueiredo está na peça “As moças: o último beijo”, que estreia no Rio na quinta-feira, dia 5 de março, depois de quase um ano em São Paulo. Angela divide o palco com a atriz Fernanda Cunha.  A peça é considerada um clássico da dramaturgia brasileira dos anos 60 – Isabel Câmara ganhou com ela o Prêmio Molière de Melhor Autor de 1970.

 

 

Branco assina a trilha sonora do espetáculo. “Pra fazer a trilha do espetáculo pensei muito no Brasil e na música do final dos anos 70.  Me aprofundando na loucura da relação das personagens, Tereza e Ana, achei que a história delas poderia ter acontecido tanto num conjugado em Copacabana quanto em qualquer outro lugar do mundo”, diz Branco. Ele coloca na peça duas músicas de Chet Baker ( “You and the Night” e “Alone Together”), duas de Jimi Hendrix (“Once I Had a Woman” e “Born I Had a Bad Sing”), The Doors ( “Soul Kitchen”), Mutantes (“Fuga nº II”), John Coltrane (“Round Midnight”), The Who (“Baba O’ Riley”), Miles Davis (‘Feio”) e Iggy Pop (“Nightclubbing).

 

 

SINOPSE

A história retrata um casal gay de mulheres: o personagem de Angela é uma jornalista de 40 anos, desencantada com a vida, e  Fernanda Cunha interpreta uma jovem e sensual atriz.

 

 

Nessa montagem no Teatro Poeirinha, dirigida por André Garolli, vão ser permitidos apenas 46 espectadores por sessão, para que a ação se desenrole bem próxima à plateia. Numa grande cortina de miçangas, ao fundo, são projetadas imagens variadas das próprias atriz, destacando detalhes da ação – mão, boca, um olhar – como uma lente de aumento.

 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.