Band recorre na justiça para não pagar indenização trabalhista a Luize Altenhofen

A justiça já deu ganho de causa comprovando o vínculo empregatício, mas a emissora canal tenta reverter a medida
 

A apresentadora Luize Altenhofen, que trabalhou na Band de 2007 à 2012, processou a emissora para receber direitos trabalhistas mesmo tendo atuado sob o contrato de PJ (Pessoa Jurídica). 

 

 

Crédito:Reprodução
Apresentadora quer indenização trabalhista da Band

 

 

Segundo o jornal O Dia, Luize pede o pagamento de direitos como 13º salário, férias e aviso prévio, que somados giram em torno de R$ 1,7 milhão. A Band recorreu em última instância, levando o caso ao Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília (DF). A emissora tenta evitar o pagamento da indenização. Apesar de ter ganho em duas instâncias, a apresentadora ainda não recebeu o dinheiro. “Ela só vai receber se o TST julgar favorável à apresentadora”, disse o advogado Marco Aurélio de Souza.

 

 

 

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.