Morre o ator Jorge Dória

Ele estava internado desde o dia 27 de setembro, e teve complicações cardiorrespiratórias e renais
 

doria

O ator Jorge Dória, de 92 anos, morreu na quarta-feira, dia 6 de novembro, às 15h05, no Hospital Barra D’Or, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, onde estava internado desde o dia 27 de setembro. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, Dória morreu depois de ter complicações cardiorrespiratórias e renais.

 

 

Afastado da vida artística desde 2005, quando sofreu um acidente vascular cerebral, o carioca Jorge Dória, cujo nome de batismo era Jorge Pires Ferreira, começou no teatro em 1942 e no cinema seis anos depois. Quando ingressou na televisão, na década de 50, já era um ator consagrado nos palcos e nas telas.

 

 

Entre outras peças, atuou em O Avarento, Escola de Mulheres, A Morte do Caixeiro Viajante, e a comédia A Gaiola das Loucas, do francês Jean Poiret, seu maior sucesso como protagonista nos palcos e uma das campeãs de bilheteria do teatro brasileiro.

 

 

Com 22 filmes no currículo, Jorge Dória recebeu vários prêmios pela atuação no cinema. Entre outros, destacou-se nos filmes O Assalto ao Trem Pagador, Como É Boa nossa Empregada, A Dama do Lotação e Perdoa-me por Me Traíres.

 

 

Foi na televisão, no entanto, que Jorge Dória alcançou grande popularidade nacional. De 1970 até se afastar por motivo de doença, foram mais de 20 novelas, seriados e programas de humor. Na primeira versão de A Grande Família, da TV Globo, que estreou em 1972, Dória foi o intérprete de Lineu, o pai de família hoje vivido, na segunda versão do seriado, por Marco Nanini. Desde 1999, integrava o elenco do humorístico Zorra Total.

 

 

De acordo com parentes, o corpo de Jorge Dória será cremado, em cerimônia na quinta-feira, 7, às 16h, no Memorial do Carmo, no Caju, zona norte do Rio, onde ocorrerá o velório, a partir da noite desta quarta-feira.

 

 

AGÊNCIA  BRASIL

0 comentários