Com teatro lotado, Viviane Araujo participa de sua primeira leitura teatral aberta ao publico

A atriz comemora o sucesso na carreira
 

 

Na noite de quarta-feira, dia 22 de agosto, no Teatro Gláucio Gill, em Copacabana, na Zona Sul do RJ, com casa lotada, a atriz e rainha de bateria Viviane Araújo participou pela primeira vez de uma leitura teatral com plateia. O texto lido e inédito foi A TODA PODEROSA do ator Maciel Silva.  Viviane Araújo arrancou muitas gargalhadas da plateia com sua performance ao dar vida a DEUS, só que um Deus, mulher, e bem engraçado. 

 

 

Muitos fãs, colegas de profissão, a mãe, familiares e produtores de elenco estavam presentes. Daria para ter feito duas sessões. Era tanta gente que o publico que não conseguiu ingressos lotaria mais uma sessão do teatro.  

 

 

A atriz participou da leitura com o ator e roteirista Maciel Silva que deu vida ao Diabo. A leitura teve a direção da atriz Catarina Abdalla, produção de Carlos Conceição, apresentação e narração do ator e diretor Fernando Reski. 

 

 

Viviane comemora o sucesso na carreira de atriz, a permanência como rainha de bateria da escola de samba carioca Salgueiro e o papel na próxima novela das 21h, e disse que foi muito importante essa troca com o público numa leitura teatral com plateia. “Eu adorei a experiência. A gente pode voltar no texto, perceber melhor a reação da plateia, pois a leitura nos permite. Foi uma excelente experiência”, disse Viviane Araújo. 

 

 

No fim do espetáculo, Catarina Abdalla agradeceu a presença de todos e Viviane Araújo, além de atender a imprensa tirou muitas selfies com a plateia.  

 

 

O produtor Carlos Conceição disse que a leitura foi um termômetro e que em breve a peça será montada e entrará em cartaz. 

 

 

SINOPSE “A TODA PODEROSA”

O texto retrata um lugar onde todos se odeiam, um local escuro, sombrio e monótono, o inferno. É como se fosse uma repartição pública. E, o Diabo, cansado de sua função, pede para que o congresso do céu lhe dê férias no Brasil, mas no mundo espiritual a burocracia também existe… Ele pensa em até abdicar do cargo, mas como Diabo é brasileiro, ele não desiste NUNCA! Só que existe burocracia, e, então, para tirar férias, o Diabo terá que pagar umas taxas no banco, passar no cartório para reconhecer firma, tirar cópias autenticadas de documentos, passar na Receita Federal, no INSS e ainda vai tentar marcar uma consulta num hospital público, para ver se está tudo, ok. Ele ainda terá que encarar uma operadora de telemarketing! E, nessa jornada Lúcifer vai até as últimas consequências, vai até clamar por DEUS, tudo para tentar conseguir o seu merecido descanso. O problema é que DEUS é uma mulher e como é onipresente e onipotente, ela tudo vê e tudo escuta. Sabe tudo o que Diabo. Mas, que tudo fique em harmonia. DEUS precisa que seu arquirrival esteja em seu lugar, ou seja, no inferno! Então, DEUS vai criar diversos empecilhos para atrapalhar essas férias do DIABO. Será que DEUS consegue?

 

 

FICHA TÉCNICA

Leitura Dramática do texto ‘A TODA PODEROSA’

Apresentação: Fernando Reski

Elenco: Viviane Araujo e Maciel Silva

Gênero: Comédia

Classificação: 15 anos

Direção: Catarina Abdalla

Produção: Carlos Conceição

Assessoria de Imprensa: Graça Paes, Agência Zapp News

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.