Combate à exploração sexual de menores

Combate à exploração sexual de menores
 
 “Exploração sexual de crianças e adolescentes pra mim é máfia, crime. Isso tem que acabar. Muitas vezes as crianças se sujeitam a isso porque estão na rua e precisam sobreviver, mas elas não sabem o que estão fazendo e os adultos, sim. Por isso, quem está vendo tem que denunciar. A gente sabe que no carnaval isso aumenta, até porque recebemos muita gente de fora. Então, o primeiro passo é ligar para o Disque 100, para ajudar a acabar com isso.” Com esta fala, a apresentadora Xuxa Meneghel, ao lado da ministra da Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), Maria do Rosário, abriu oficialmente, na tarde desta sexta-feira (25/2), no aeroporto Santos Dumont, a campanha para ‘Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes’ da SDH/PR.
 
No Rio de Janeiro a campanha é uma parceira da SDH/PR, com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos e os municípios, em especial os da Região Metropolitana. Com o conceito “Proteja as nossas crianças e adolescentes. Violência Sexual é crime. Denuncie. A bola está com você”, a campanha convoca a sociedade para uma ação conjunta que contribua com a prevenção à violência sexual de meninas e meninos, além de divulgar o Disque Direitos Humanos (Disque 100) e a denúncia através dos Conselhos Tutelares.
 
– A campanha está sendo lançada no carnaval, mas ela tem caráter permanente. Em maio, a presidenta Dilma Rousseff vai lançar uma série de ações em torno do Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual, que serão desenvolvidas por todos os ministérios. Atuamos em rede, com os estados e municípios, e com uma participação efetiva da sociedade. O objetivo é fortalecer os Conselhos Tutelares e garantir uma porta de saída da exploração sexual para as crianças e adolescentes que estão ali. Punir os responsáveis, e por outro lado trazer essas crianças e adolescentes para uma condição de vida diferente, melhor, resgatando a dignidade humana. Além disso, queremos impedir que novas crianças entrem em uma vida tão terrível e destruidora como essa da exploração sexual – explicou a ministra Maria do Rosário.
 
A subsecretária executiva da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Maria Célia Vasconcelos representou o secretário Rodrigo Neves, e destacou a importância da campanha e da parceria entre os governos.
 
– O Rio é porta de entrada do Brasil, querido por todos, e muitos turistas vem ao Rio, principalmente no carnaval. Precisamos ter um cuidado especial com as crianças e adolescentes, que são um alvo fácil da exploração sexual. Vamos trabalhar nos blocos do Rio, inclusive nesta sexta-feira (25/2), no desfile do Bola Preta, que é nosso parceiro da campanha. Também estaremos no Sambódromo, e as ações serão realizadas até o desfile das campeãs, no sábado após o carnaval – informou Maria Célia.
 
Além da apresentadora Xuxa, a atriz Daisy Lúcidi também participou da solenidade de abertura.
– É uma campanha importante, porque é uma coisa que a gente está lutando muito para acabar, inclusive com a omissão dessa coisa absurda e infeliz que é a exploração sexual de menor. No início da novela, muita gente não entendeu o fato de abordarmos o assunto, mas foi um grito de alerta”, declarou aatriz, que interpretou a personagem Valentina, na novela Passione.
 
O lançamento da campanha de combate a exploração sexual de crianças e adolescentes contou ainda com a presença do ministro da Saúde, Alexandre Padilha; do secretário de Municipal Assistência Social, Rodrigo Bethlem; do Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta. A campanha foi lançada simultaneamente em 17 capitais, entre elas as 12 cidades-sede de jogos da Copa 2014.

Fonte: Governo do Rio

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.