Copacabana ferveu com o “Encontro do Samba”

Pela primeira vez, no Rio de Janeiro, um evento reuniu as 13 Escolas do Grupo Especial num desfile apoteótico em plena orla
 

IMG_6363

 

Cinco dias após a grande festa de Réveillon, a Praia de Copacabana foi palco de um evento inédito. Promovido pela Prefeitura do Rio, por meio da Riotur, o “Encontro do Samba” reuniu cerca de 400 mil pessoas na noite desse sábado, 6 de janeiro, com a maior bateria já vista no mundo, com mais de 1000 ritmistas das 13 escolas de samba do Grupo Especial. Sete escolas saíram do Leme, na altura da Avenida Princesa Isabel, e outras seis da altura da rua Siqueira Campos. Ao final do desfile pela Avenida Atlântica, os sambistas se juntaram à Orquestra Petrobras Sinfônica para um show no palco montado em frente ao Copacabana Palace.

 

IMG_6342

 

Idealizado por Abel Gomes, VP de criação e sócio da SRCOM, o evento foi uma extensão do Réveillon e faz parte do calendário “Rio de Janeiro a Janeiro”. A curadoria musical do “Encontro do Samba” ficou a cargo de Guto Graça Mello, que reuniu no desfile um coro em que as escolas coirmãs entoaram 26 clássicos como “Bum Bum, Paticumbum, Prugurundum” (Império Serrano – 1982) e “Atrás da Verde e Rosa Só Não Vai Quem Já Morreu” (Mangueira 1994), entre outros sucessos que fizeram história na Sapucaí. O encontro fez de Copacabana um verdadeiro sambódromo. “Foi um grandioso espetáculo. O Rio de Janeiro merecia um evento como esse.

 

IMG_5958

 

O samba representa a alma carioca”, afirmou Abel Gomes. “Um evento espetacular, que uniu o samba e a música clássica em um dos cenários mais icônicos da cidade, mostrando ao público a força da música e da cultura tradicionalmente carioca. Encerramos aqui os festejos do maior Réveillon de todos os tempos e abrimos passagem para o melhor Carnaval, bem do jeito que o Rio de Janeiro merece.”, afirmou Marcelo Alves, presidente da Riotur.

 

IMG_6135

 

Enquanto as agremiações desfilavam com os seus componentes, os intérpretes das escolas cantavam no palco, onde os primeiros casais de mestres-sala e porta-bandeiras dançavam sob a direção de movimento de Carlinhos de Jesus, com participação especial da bailarina Ana Botafogo.

 

IMG_6500

 

Em seguida 63 instrumentistas da Orquestra Petrobras Sinfônica, sob regência do Diretor Artístico e Maestro Titular Isaac Karabtchevsky, tocaram músicas como “Also Sprach Zarathustra”, de Richard Strauss, intercalando com cantores que representam o ritmo com propriedade, como Alcione, que cantou músicas como “Não Deixe o Samba Morrer” e “Folhas Secas”.

 

IMG_6160

 

Diogo Nogueira deu voz a canções como “Foi Um Rio Que Passou Em Minha Vida” e “O Show Tem Que Continuar”. Martinho da Vila mostrou o seu borogodó cantando “Feitiço da Vila” e “Saudades da Amélia”, entre outras. A revelação pop Iza emocionou ao interpretar um medley de Cartola e “Brasil Pandeiro”.

 

IMG_6222

 

Ao final, lágrimas rolaram ao verem essa constelação com os mais de mil integrantes da escola e a Orquestra Petrobras Sinfônica cantando no mesmo palco “Aquarela do Brasil” e “Eu Sou o Samba”. Foi uma noite para entrar na história.  

 

IMG_6180

 

O “Encontro do Samba” teve o patrocínio do Ministério da Cultura (Minc), Secretaria Estadual de Cultura (SEC), Caixa Econômica Federal, Petrobras, BNDES Giro e Antarctica. O evento teve ainda o apoio da Secretaria do Patrimônio da União e da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH).

 

IMG_6325

 

 

Galeria de fotos:

[ngg_images source=”galleries” container_ids=”350″ display_type=”photocrati-nextgen_basic_thumbnails” override_thumbnail_settings=”0″ thumbnail_width=”110″ thumbnail_height=”82″ thumbnail_crop=”1″ images_per_page=”20″ number_of_columns=”0″ ajax_pagination=”0″ show_all_in_lightbox=”0″ use_imagebrowser_effect=”0″ show_slideshow_link=”0″ slideshow_link_text=”[Mostrar como Slideshow]” order_by=”sortorder” order_direction=”ASC” returns=”included” maximum_entity_count=”500″]

Fotos de Graça Paes/Zapp News

 

 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.