Criminosos são devolvidos

Proibidos de entrar no Rio
 

Depois de serem proibidos de desembarcar no Rio, criminosos devolvidos ainda não chegaram ao Paraná 

Após o governador do Rio, Sérgio Cabral, e o presidente do Tribunal de Justiça do Rio, Luiz Zveiter, terem impedido a permanência dos três chefes de tráfico que a Justiça Federal do Paraná mandou de volta para o Rio de Janeiro nesta terça-feira (28), os presos ainda não chegaram ao seu destino, a penitenciária de segurança máxima de Catanduvas, programada para acontecer na manhã desta quarta-feira (29).

Isaías da Costa Rodrigues, o Isaías do Borel, Ricardo Chaves de Castro Lima, o Fu da Mineira, e Marcos Antônio Pereira Firmino, o My Thor, cumpriam pena no presídio de segurança máxima do Paraná desde o dia 5 de janeiro de 2007, depois de serem acusados de comandar, de dentro de presídio no Rio, ações violentas na cidade às vésperas do réveillon de 2006. Junto com eles no presídio estavam outros criminosos, como Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco.

Segundo Sérgio Cabral, "se existe presídio federal de segurança máxima, é para lá que devem ser mandados os bandidos de segurança máxima".

 

Fonte: Governo do Estado

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.