Crítica do filme: “Mulheres Alteradas”

Todas as mulheres irão se identificar com alguma das personagens
 
Por Graça Paes, RJ (Agência Zapp News)
 
 
 
 
Com direção de Luís Pinheiro, o filme “Mulheres Alteradas” é baseado no livro da escritora argentina Maitena Burundarena e adaptado para a telona por Caco Galhardo. Ele conta a história de quatro mulheres que enfrentam problemas bem peculiares.
 
 
 
 
 
No primeiro ato, o longa nos mostra o casamento cheio de conflitos da secretária Keka com o Dudu. A vida complicada da advogada Marinati. Uma workaholic, mas que num dado momento se apaixona por um solteirão dependente da mãe, o Christian. Leandra, a solteirona, que se sente insegura pelo fato de ainda não ter constituído família e de Sônia, irmã de Leandra, casada, com dois filhos. Aquele tipo de mulher que abandona tudo para viver a experiência do lar, mas chega uma hora, em que ela começa a se sentir cansada da rotina doméstica e sente saudades da época de solteira. As quatro histórias se entrelaçam bem já que as personagens se conhecem e duas são irmãs.
 
 
 
 
 
O longa nos leva a reflexão da crise dos 30 anos. Que já foi retratada em diversos filmes e que vive ganhando espaço na mídia. Só que no longa, ela ocorre em diferentes situações, já que cada protagonista tem um estilo de vida e elas sofrem, no casamento, no trabalho, na família e na vida social.
 
 
 
 
As mulheres alteradas são interpretadas pelas atrizes Alessandra Negrini (Marinati), Deborah Secco (Keka), Maria Casadevall (Leandra), Mônica Iozzi (Sônia). O elenco ainda conta com Sérgio Guizé, Marcos Oliveira, Mauricio Machado, Daniel Boaventura, Stepan Nercessian, Patricia Travassos, Augusto Madeira, Suely Franco, Carol Melgaço e João Vicente.
 
 
 
 
O filme tem uma bela fotografia, uma trilha sonora bem compatível com a história, boa direção e produção e excelentes atuações.  O roteiro é bem escrito, mas nada que te surpreenda em relação as piadas, que são inteligentes, mas não são surpreendentes. Resumindo, é apenas um filme bom.
 
 
 
Quem rouba a cena nesse longa é Deborah Secco e seu belo corpo corpo escultural que deixará homens e mulheres babando. 
 

 

A Agência Zapp News já conferiu e nossa nota é 9.
O longa entra em cartaz dia 5 de julho.
 
 
Assista o trailer: 
 
 
 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.