Crítica do filme: Teu mundo não cabe nos meus olhos

Uma verdadeira lição de vida
 

 

Por Graça Paes, RJ (Agência Zapp News)

 

 

 

Com direção e roteiro de Paulo Nascimento, produção de Edson Celulari e Paulo Nascimento, música de Silvio Marques e um grande elenco o filme ‘Teu mundo não cabe nos meus olhos’ já está em cartaz nos cinemas.

 

 

Ele conta a história de Vitório que é cego de nascença. Dono de uma pizzaria herdada por seu pai no tradicional bairro do Bixiga, em São Paulo. Vitório (Edson Celulari) tem uma vida feliz, do jeito dele, com a mulher Clarice e a filha Alícia. Ele acredita que já superou todas as dificuldades da cegueira, e que deu a volta por cima, e está bem. Mas, sua família busca uma alternativa para ele enxergar. Só que ao descobrir que existe esta possibilidade de enxergar, Vitório inicia um conflito consigo mesmo e precisa tomar uma grande decisão. Fazer ou não a cirurgia? Enxergar ou não? Esta decisão está na telona e você pode conferir nos cinemas.

 

 

 

O brilho do filme está nos diálogos. Entre os talentos de Edson Celulari e Soledad Villamil, atriz e cantora argentina. As cenas entre ambos são magníficas. Assim, como as cenas entre Edson Celulari e o brilhante ator Leonardo Machado. Uma excelente oportunidade para ver a boa atuação de Edson Celulari, já quem em novelas seus personagens, geralmente, são mero coadjuvantes, sem muito espaço nas tramas. 

 

 

 

 

Tecnicamente falando, o filme é bom, tem uma boa fotografia, uma música envolvente, e os atores estão bem em cena, mas é meio arrastado, não chega a dar sono, mas o filme é lento.  Falta um ritmo, mas nada que tire o brilhe de te fazer querer ficar até o final.

 

 

 

O filme é forte. Deixa muitas mensagens e temas para refletirmos entre eles amor, amizade, respeito e família. Ele também nos leva a refletir também sobre os sonhos. Os sonhos dos outros, mesmo que próximos a nós, podem não ser os nossos.

 

 

Eu recomendo. Assista!! A Agência Zapp News já conferiu e deu nota 8.

 

 

 

CRITICA EM VÍDEO PARA O CANAL CULTURA DA AÇÃO:

 

 

 

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.