Curso de desenvolvimento de games forma 150 alunos das Naves do Conhecimento

O módulo concluído é o primeiro passo para formações profissionais específicas nas áreas de Programação, Design, Áudio e Desenvolvimento de Projetos Digitais
 

 

Os 150 alunos do curso “Introdução ao Desenvolvimento de Games”, realizado nas Naves do Conhecimento administradas pela Prefeitura do Rio, serão diplomados neste sábado (01/07), na Nave do Conhecimento Cidade Olímpica, após dois meses de treinamento. O módulo concluído é o primeiro passo para formações profissionais específicas nas áreas de Programação, Design, Áudio e Desenvolvimento de Projetos Digitais. Coordenada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação (SMDEI), a iniciativa tem como propósito estimular as novas gerações a conhecer e se aprofundar neste mercado, por meio dos novos cursos oferecidos nas Naves do Conhecimento. 

 

 

A nova programação pedagógica faz parte da reestruturação destes equipamentos, com inclusão da Economia Criativa na pauta das naves.

 

– O mercado de games cresce de maneira exponencial no mundo inteiro, e o estímulo à Economia Criativa, à Inovação e ao Desenvolvimento Tecnológico aparecem como oportunidade para os jovens das comunidades atendidas pelo projeto. A partir de um novo olhar, adquirem conhecimento e assim podem conquistar melhores empregos e melhor qualidade de vida – explicou a secretária municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação, Clarissa Garotinho.

 

 

O projeto Naves do Conhecimento visa a democratização do acesso à informação e ao conhecimento de novas formas de aprendizagem em ambientes colaborativos e criativos, promovendo a mediação da informação qualificada e o desenvolvimento de competências necessárias a todos na sociedade do terceiro milênio.

 

 

Estão localizadas em nove regiões das zonas Norte e Oeste: Santa Cruz, Vila Aliança, Padre Miguel, Irajá, Penha, Madureira, Nova Brasília, Triagem e Engenho de Dentro.

 

 

As Naves do Conhecimento são uma iniciativa da prefeitura e estão sob a administração da SMDEI. Desde 2011, as naves já realizaram mais de três milhões de atendimentos, com 200 mil pessoas cadastradas e 60 mil participantes em cursos e atividades de formação.

 

 

Desde janeiro, o foco social das naves está voltado à ampliação da conectividade digital; democratização do acesso ao mundo digital; produção e prestação de serviços comunitários; qualificação de jovens e adultos em Tecnologia da Informação; ao apoio ao empreendedorismo; e às startups nos setores de Economia Criativa e de Inovação Tecnológica.

 

 

O conteúdo programático das Naves do Conhecimento, planejado para ser inserido ao longo do ano, inclui novos cursos e atividades de formação que estimulem e promovam o Empreendedorismo e a Economia Criativa. São eles: Design, Computação gráfica (Animação), Games, Aplicativos para celular, Robótica, Informática, Suporte e manutenção de redes, Programação, Gerenciamento de redes sociais, Webdesign, Drones, Fotografia, Vídeo, Áudio, Edição e Inglês.

 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.