Defensoria do Estado inaugura novas instalações

Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro
 

O defensor público geral do Estado do Rio de Janeiro, José Raimundo Batista Moreira, inaugurou as novas instalações da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, que vão abrigar defensores de Segundo Grau que antes atuavam em um espaço cedido no Tribunal de Justiça.

O novo espaço com 25 salas, cada uma representando uma Câmara Cível com dois defensores públicos, reunirá um total de 45 profissionais, sendo 40 de Câmaras Cíveis e 5 de Turmas Recursais.

– Aqui está sendo inaugurado um espaço definitivo que a Defensoria Pública do Estado do Rio, depois de 20 anos tentando, finalmente conseguiu comprar, reformar e instalar os defensores que trabalham com grau de jurisdição superior, ou seja, de Segundo Grau que trabalham nas Câmaras Cíveis do Tribunal de Justiça – festejou José Raimundo.

O defensor adiantou ainda que até a conclusão de sua gestão à frente da Defensoria Pública, no final de 2010, também pretende estender esse benefício aos defensores públicos criminais e aqueles que trabalham nas Curadorias Criminais.

– Este é um espaço fantástico e estou muito feliz de no final de minha gestão haver conseguido concretizar um sonho antigo. Mas, antes mesmo de deixar a função, ainda pretendo instalar os 30 defensores em final de carreira que trabalham nas Câmaras Criminais e os oito das Curadorias Criminais, que hoje atuam de forma provisória, sem espaço no Fórum, no mesmo prédio e com todo o conforto e a mesma dignidade. Na realidade, estamos correndo contra o tempo para dar a eles um espaço digno como este – prometeu.

José Raimundo explicou que o novo espaço vai permitir à Defensoria Pública mais agilidade no cumprimento dos prazos, além de conforto e dignidade aos profissionais. – A instituição vem lutando ao longo dos últimos 30 anos para conseguir essa independência física e de espaço, apesar de haver completado 50 anos de atuação. Nesse período, os defensores em final de carreira nunca tiveram um espaço digno para trabalhar – completou.

Fonte: Gov Estado Rio

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.