Desvios na cota de passagens é investigado

Abertura de Processos
 

A Câmara vai abrir processo administrativo disciplinar contra os servidores envolvidos na comercialização de passagens da cota parlamentar. O anúncio foi feito ontem em nota oficial divulgada pelo presidente da Câmara, Michel Temer. A medida foi recomendada pela comissão de sindicância, instaurada em abril para apurar denúncia de uso irregular dos créditos de deputados para passagens aéreas.

A sindicância foi aberta após a Câmara ter recebido ofício do presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, informando que passagens aéreas compradas em uma agência de turismo, com uso de cartão de crédito de sua propriedade, teriam sido emitidas pela cota de um deputado.

O relatório da comissão de sindicância, que não foi divulgado, será encaminhado à Corregedoria da Câmara. Cópias do documento também serão encaminhadas ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Ministério Público Federal. A Corregedoria investigará o eventual envolvimento de parlamentares nas irregularidades.

Fonte: Agência Câmara

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.