Dona Marta recebe serviços da Justiça Eleitoral

Dona Marta recebe serviços da Justiça Eleitoral
 
Os moradores da comunidade Dona Marta, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro, receberam na segunda-feira (5/9) dois ônibus da Justiça Eleitoral Itinerante. O projeto tem o objetivo de facilitar o acesso da comunidade à Justiça Eleitoral e promover o exercício livre e consciente da cidadania. A comunidade foi a primeira a ter uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).
 
Segundo o juiz coordenador do projeto do Tribunal Regional Eleitoral, Murilo Kieling, os dois ônibus ficarão na comunidade por 30 dias. Neste período, os moradores contarão com a emissão de títulos de eleitor por meio do sistema biométrico (o eleitor é identificado eletronicamente pela impressão digital), transferência de domicílio e regularização da situação eleitoral.
 
“O propósito é trazer o serviço da Justiça Eleitoral aqui para a comunidade. O cidadão terá toda a atuação de serviço que ele encontra em uma zona eleitoral. Imediatamente ele já sai com o título de eleitor”, destacou Kieling.
 
Segundo o juiz, o projeto deverá ser levado a outras comunidades pacificadas. “A Justiça estará presente para assegurar que cada cidadão morador dessas áreas já pacificadas tenha liberdade plena de poder escolher bem seu o candidato”, disse.
 
A iniciativa foi aprovada pela moradora Maria das Graças Souza Lopes, que reside há 33 anos na comunidade Dona Marta. “Eu vim aqui com a minha neta para tirar o título, porque ela vai fazer 18 anos e ainda não tem. Eu aprovo o projeto, muitas vezes a gente não tem a oportunidade de ir até o TRE pra tirar o título de eleitor e eles vindo aqui é melhor. As pessoas têm que aproveitar essa oportunidade”, disse.
 
O projeto Justiça Eleitoral Itinerante já esteve na comunidade do Batan, em Realengo. No local, foram feitos cerca de 2 mil atendimentos.

Fonte: Agência Brasil

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.