Embaixador brasileiro nos Estados Unidos responde a críticas do “NYT” sobre corrupção

Figueiredo ressaltou que o foro privilegiado não proíbe que parlamentares e ministros sejam acusados ou condenados, somente assegura que sejam julgados pelo Supremo Tribunal Federal (STF)
 
 
Crédito:Antonio Cruz/Agência Brasil
 
 
Em editorial intitulado “A medalha de ouro em corrupção do Brasil”, o veículo disse que o foro privilegiado concedido a parlamentares e ministros “permitiu uma cultura de corrupção e impunidade institucionalizadas”. Para Figueiredo, é ultrapassado dizer que “as instituições brasileiras estão sujeitas aos caprichos dos políticos”. Segundo ele, “não há mais espaço no Brasil para dar abrigo aos amigos dos poderosos. A lei não é a mesma para todos”, observou.
 
 
 
O embaixador citou a declaração do presidente interino, Michel Temer, em dar continuidade às investigações em andamento. “O Brasil deveria ser premiado com uma medalha de ouro não para a corrupção, mas, pelo contrário, para a coragem na luta contra a corrupção”, acrescentou.
 
 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.