Empreendedor do Recreio comemora um ano do energético Vrauu no Brasil em parceria com Ronaldo Gaúcho

Ex-volante marcador, Fabio Pereira conseguiu trazer para seu time um dos jogadores mais célebres do futebol mundial: Ronaldo Gaúcho
 

(Foto de Alexandre Vidal)

 

Localizado no Recreio dos Bandeirantes, o escritório da Gavina Comercial Importadora e Exportadora Ltda., detentora do Vrauu Energy Drink, espera alavancar a bebida energética, não somente no Brasil, mas no mundo. Fabio Ricardo Pereira, sócio-presidente da empresa de comércio exterior e cidadão suíço-brasileiro, celebra num ano da chegada do seu empreendimento ao Brasil embasado nos conceitos premium, orgânico, importado e reinvenção das compras. 

 

 

Uma tendência global tem mostrado grande crescimento no Brasil. O nicho de bebidas energéticas, a cada ano, vem evoluindo no faturamento. Não à toa que o Brasil representa pouco mais de 11% % do consumo global. Segundo a Euromonitor, o faturamento das bebidas energéticas no mundo girou em torno de R$97 bilhões em 2017. Só no Brasil, o faturamento foi de R$1,7 bilhão. A renomada consultoria informou que a evolução do nicho de bebidas energéticas nos últimos cinco anos foi de 13%, e até 2023 o número deve aumentar para 15% a cada ano.  A Euromonitor International aponta que, entre 2012 e 2017, o consumo de bebidas energéticas aumentou 50% e que o referido nicho do mercado cresceu o faturamento e volume de vendas em torno de 38,3 e 3,1% respectivamente. O Brasil é o quinto país em consumo de bebidas não-alcoólicas frias. 

 

 

“A inovação na criação de uma bebida energética é fundamentada em muitas pesquisas de qualidade realizadas com as marcas no mercado. A ideia do Vrauu, utilizando uma gíria criada no Carnaval, foi atender requisitos que o consumidor e a saúde pública exigem: produto saudável, saudabilidade, premiunização e qualidade acessível permitindo assim a reinvenção das compras dos consumidores.  Nosso objetivo é chegar ao segundo lugar do ranking nacional em 2021. Nosso produto é premium sem distinção de públicos.”, diz Fabio Ricardo Pereira, sócio-presidente da Gavina Comercial Importadora e Exportadora Ltda. 

 

 

Atualmente, cerca de 50 fabricantes de bebidas energéticas atuam no Brasil, segundo a Associação Brasileira de Indústrias de Refrigerantes e Bebidas Não-Alcoólicas (Abir). A competitividade faz com que as marcas passem por um processo de branding constante para aumentar seus portfólios de produtos. A Abir mantém-se otimista em relação à recuperação do faturamento e do volume de vendas em 2018. Os cuidados com a saúde e contra a obesidade são outras questões que tornam  as bebidas energéticas em potencial. O Imposto Especial de Consumo (IEC), aplicado nas bebidas com excesso de açúcar, foi um sucesso, segundo o Ministério da Saúde. Em 2017, houve redução de mais de 5 toneladas de açúcar na fabricação das bebidas que estuda a possibilidade de um imposto semelhante para o sal. 

 

 

A Gavina Comercial Importadora e Exportadora Ltda., empresa brasileira detentora do Vrauu Energy Drink, bebida importada da Áustria, premium e orgânica (conceito que o diferencia no mercado) chegou ao Brasil em agosto de 2017 quando anunciou Ronaldo Gaúcho como garoto-propaganda, embaixador global e sócio do empreendimento. Criado em setembro de 2016, na Áustria, o Vrauu Energy Drink inaugurou seu escritório no exterior na cidade de Zurich para operações na Europa. 

 

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.