Empresa de Eike Batista é multada em mais de R$ 1 milhão

O motivo é o alto nível de sal na água de um canal no Porto do Açu
 

A empresa OSX, que integra o grupo EBX do empresário Eike Batista, foi multada nesta sexta-feira (1) em R$ 1,3 milhão pelo governo do estado Rio. O motivo é o alto nível de sal na água de um canal no Porto do Açu, no norte fluminense, onde a empresa constrói um estaleiro. Além da multa, a empresa terá de fazer a dragagem em três pontos do canal, cujo custo deve chegar a R$ 1 milhão e ainda adotar um parque estadual no porto, a um custo de implantação estimado em R$ 2 milhões, e mais R$ 350 mil anuais para manutenção, até que os problemas sejam sanados.

 

O Instituto Estadual do Ambiente, responsável pela fiscalização das obras do estaleiro, determinou que a empresa pague os prejuízos causados a agricultores e pescadores afetados pela poluição, no prazo máximo de 60 dias. Segundo o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, foi considerado agravante para aplicação da multa o fato de a OSX não comunicar o excesso de sal e, sem autorização, ter realizado obras de correção. A OSX informou que a empresa vai recorrer da decisão.

 

Fonte – Ag Brasil

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.