ESPN americana demite comentarista após ofensas a transexuais

O comunicado da emissora explicou que ela é uma empresa inclusiva e que "Curt Schilling foi avisado que sua conduta era inaceitável
 
ESPN americana decidiu demitir um dos seus principais comentaristas do esporte, o ex-pitcher de beisebol Curt Schilling, depois que ele fez declarações ofensivas contra transexuais.  Segundo o UOL, em suas páginas nas redes sociais, o comentarista compartilhou uma publicação que ironizava uma lei estadual da Carolina do Norte que impede transexuais de utilizarem banheiros e vestiários não correspondentes aos seus sexos de nascença.
 
 
Crédito:Divulgação/ESPN
Comentarista foi demitido por comentário ofensivo contra transexuais
 
 
 
O post, acompanhado da imagem de um homem acima do peso, vestido com roupas de mulher e uma peruca, dizia: “Deixe ele entrar no banheiro com sua filha, caso contrário você tem cabeça pequena, é um racista idiota sem amor que precisa morrer”.  Não compartilhar a foto, Schilling comentou: “Um homem é um homem não importa o que eles chamem eles mesmos. Eu não ligo para o que eles são, com quem eles dormem. O banheiro masculino foi feito para o pênis, o feminino não. Agora você precisa de leis falando o contrário? Patético”.
 
 
 
 
 
 
 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.