Estado convoca população um Dia Sem Carro

Estado convoca população um Dia Sem Carro
 

A segunda participação do Rio de Janeiro na mobilização pelo Dia Mundial Sem Carro nesta quarta-feira (22/9) será mais um dia de pedalar. Os secretários de Estado do Ambiente, Marilene Ramos e de Transportes, Sebastião Rodrigues Pinto Neto, e o presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Luiz Firmino Martins Pereira, vão deixar os carros na garagem e trabalhar de bicicletas e estão convocando a população a fazer o mesmo.

A proposta é reduzir ao máximo as emissões de poluentes liberados pela queima de combustíveis fósseis, causadores do efeito estufa. Para isso, basta utilizar os meios de transporte alternativos, como as bicicletas, ou os de massa, como metrô, trens, barcas ou ônibus, para chegar se locomover.

Marilene e Firmino partirão da Praça Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, acompanhados de servidores dos dois órgãos. Na Avenida Atlântica, esquina com a Avenida Princesa Isabel, em Copacabana, se juntam a outro grupo e seguem para a Enseada de Botafogo onde, às 9 horas, encontrarão o secretário Sebastião Rodrigues, que virá na direção oposta com o grupo da secretaria dos Transportes.

Os ciclistas do Ambiente seguirão no sentido Centro da cidade até o edifício-sede dos dois órgãos, na Avenida Venezuela, 110, na Praça Mauá. Neste dia a garagem ficará fechada para os carros sendo permitida somente a entrada de bicicletas. O grupo da Secretaria de Transportes seguirá na direção de Copacabana, onde fica a sede do órgão.

Marilene Ramos defende o uso frequente das bicicletas como meio de transporte e que as cidades sejam mais amigas dos ciclistas, de modo que possam pedalar em segurança. Os cariocas têm a vantagem de dispor de 150 quilômetros de ciclovia. Segundo a secretária, a redução do uso dos automóveis no longo prazo resultaria na diminuição das emissões de gases de efeito estufa. Além disso, haveria uma melhora no tráfego que passaria a fluir melhor, resultando em menos engarrafamentos.

O Dia Mundial Sem Carro foi instituído na França, na década de 1990, com objetivo de conscientizar e incentivar a redução do uso dos automóveis, para diminuir as emissões responsáveis pelo aumento da poluição, pelo aquecimento global e pelas mudanças climáticas, além de desobstruir o trânsito e melhorar a qualidade de vida da população. O movimento vem conquistando adesões de diversas cidades de diferentes países desde então. No Brasil, além do Rio, Florianópolis, Porto Alegre, Belo Horizonte e Niterói participam da mobilização.

Serviço:
Quando: Quarta-feira (22/9), às 9 horas
Onde: Monumento Estácio de Sá, em frente ao Morro da Viúva, na Enseada de Botafogo
Percurso da secretária do Ambiente, Marilene Ramos:
Sai de sua casa, em Ipanema, encontra com um grupo de ciclistas na Avenida Atlântica com Avenida Princesa Isabel; segue pelo Túnel Novo até o monumento Estácio de Sá, na Enseada de Botafogo, onde encontra com o secretário de Transportes, Sebastião Rodrigues e seu grupo. De lá, os ciclistas do Ambiente seguem pelo Aterro do Flamengo, Avenida Beira-Mar, Praça XV, Dom Gerardo, Praça Mauá e conclui o percurso na sede do órgão, na Avenida Venezuela.


Fonte: Governo do Rio

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.