Estado reabre a Biblioteca Parque da Rocinha

Previsão é reinaugurar os espaços de Manguinhos e do Centro do Rio até maio
 

O Governo do Estado do Rio de Janeiro reabriu, na segunda-feira (19/2), a Biblioteca Parque da Rocinha, na Zona Sul do Rio. O governador Luiz Fernando Pezão participou da cerimônia ao lado do secretário de Cultura, Leandro Sampaio Monteiro, e da primeira-dama do Estado e presidente do RioSolidario, Maria Lúcia Horta Jardim. Além do espaço da Rocinha, serão reinauguradas as bibliotecas de Manguinhos e do Centro do Rio ainda neste semestre. A previsão é de que o espaço de Manguinhos seja reaberto até 29 de março. Em maio, será a vez da Biblioteca Parque da Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio.

 

Fechada desde dezembro de 2016, a biblioteca da Rocinha tem 1,6 mil metros quadrados e cinco andares, e conta com um acervo de mais de 32 mil itens. O espaço tem DVDteca, teatro, café literário, cozinha-escola, biblioteca infantil e sala multiuso. Inicialmente, o espaço vai funcionar das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira.
 

– Este é um dia emblemático para todos nós. Fiz questão de vir para mostrar que não vamos sair das comunidades. Vamos entrar com educação, cultura, saúde, saneamento e tudo o que estiver ao nosso alcance. Onde tiver espaço cultural e de educação, ocuparemos com cidadania, com dignidade, levando o que a população precisa – destacou o governador.
 

A Biblioteca Parque da Rocinha se tornou um ponto de encontro dos moradores da comunidade. Inaugurada em junho de 2012, a unidade já recebeu mais de 145 mil visitantes, emprestou mais de 14 mil livros e emitiu mais de 5 mil carteirinhas para sócios.

– A reinauguração da Biblioteca Parque da Rocinha me deixa muito feliz, porque acredito que a cultura ajude a transformar a sociedade – afirmou a primeira-dama.
 

A gestão da unidade será feita pela Secretaria de Cultura, enquanto o processo licitatório para contratação de pessoal para apoio técnico estiver em andamento. Uma equipe provisória, composta por servidores da Superintendência da Leitura e do Conhecimento e outras áreas da secretaria, será responsável pelo funcionamento da biblioteca.
 

Cinema

Segundo o secretário de Cultura, Leandro Monteiro, além das bibliotecas, o cinema para o interior é prioridade.
 

– Nossa agenda cultural, a partir de hoje, estará a todo vapor. Além da reabertura das bibliotecas, também iremos levar o cinema para os municípios do interior fluminense – ressaltou o secretário.

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.