Evento de Xadrez reúne dois mil alunos da rede pública no Parque Olímpico no RJ

Os estudantes vão mostrar suas habilidades das 8h30 às 15h em mil mesas
 

É xeque-mate na certa! Na quinta-feira, dia 22 de novembro, dois mil estudantes da Rede Municipal de Ensino participam, na Arena 1 do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, do maior evento de xadrez escolar do Brasil: o 8º Encontro Anual de Alunos de Xadrez do Programa Heróis do Tabuleiro, da Secretaria Municipal de Educação.

 
 
Com idades entre 6 e 14 anos e frequentando classes do 1º ao 9º ano de 96 escolas municipais de todas as 11 Coordenadorias Regionais de Educação, os estudantes vão mostrar suas habilidades das 8h30 às 15h. A maratona enxadrística colocará a garotada frente a frente em mil mesas.
 
 
Divididos em categorias de conhecimento do jogo, os alunos vão movimentar reis, rainhas, peões, torres e cavalos durante todo o encontro. Após cada partida, os jogadores formarão novas duplas.
 
 
As disputas serão realizadas em quatro categorias: A1 – Batalha dos Peões simples; A2- Batalha de peões com promoção – aqui entram bispos, torres e damas; Xadrez Inconsistente, para os que já sabem movimentar todas as peças, mas ainda precisam de mais prática para corrigir eventuais erros; e Xadrez Consistente, voltada para os que têm domínio pleno do jogo. O evento conta com o apoio de 200 professores nas funções de monitor e árbitro.
 
 
A garotada que não estiver grudada nos mil tabuleiros, estará de olhos abertos e com câmeras e celulares nas mãos. É a turma dos youtubers, das lives, dos microblogs, pronta para fazer registros e textos para páginas e blogs das escolas com a hashtag #heroisdotabuleiro2018.
 
 
“Estamos trabalhando o evento de todas as formas, inclusive a pedagógica, e também com ações voltadas para o meio ambiente. Com a cobertura deles teremos a produção de textos, de imagens, isso sem falar no desenvolvimento do raciocínio”, enumera Fátima Bispo, coordenadora do Heróis do Tabuleiro. Durante o evento, os alunos e professores participantes também serão orientados a separar o lixo orgânico e reciclável.
 
 
Criado em 2011, o Heróis do Tabuleiro tem como objetivo incorporar aulas de xadrez na grade curricular de escolas com baixo rendimento. A disciplina é ministrada por professores de Educação Física capacitados na metodologia do projeto. Atualmente mais de 20.500 alunos do 1º e 2º segmento de 96 escolas municipais são beneficiados com um tempo por semana com aulas de xadrez.
 
 
O jogo ajuda na aquisição e no desenvolvimento da leitura, da escrita e dos cálculos, através da potencialização das funções executivas e cognitivas como atenção e concentração, por exemplo. O xadrez também auxilia no desenvolvimento da capacidade de argumentação, da administração de conflitos e no desenvolvimento da empatia.

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.