Faperj lança dois editais com recursos que totalizam R$2 millhões

Programas vão ajudar instituições a consolidarem assessorias internacionais e núcleos de inovação tecnológica
 

A Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa no Estado do Rio de Janeiro (Faperj) lançou, nesta quinta-feira (21/02), mais dois editais, ambos em segunda edição: Apoio à criação e implementação de assessoria internacional em instituições científicas e tecnológicas – 2013 e Apoio à Criação e Implementação de Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) – 2013. As inscrições podem ser feitas até 11 de abril e o resultado será divulgado a partir de 16 de maio. Será disponibilizado R$ 1 milhão para cada programa.

 

Lançado pela primeira vez em 2012, o primeiro edital visa promover a criação ou a consolidação de assessorias internacionais. O objetivo é promover a inserção da instituição no cenário mundial, além de proporcionar a melhoria do ensino e da pesquisa intensificando a cooperação entre as instituições fluminense e seus parceiros internacionais. Cada projeto deverá ser desenvolvido em um prazo máxima de até 12 meses, contados a partir da data da liberação dos recursos.

 

Já o segundo se destina a financiar a criação ou ampliação dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs), para que administrem a política de inovação e de propriedade intelectual nas instituições científicas e tecnológicas (ICTs), públicas ou privadas, visando à difusão da inovação como instrumento de competitividade e crescimento sustentável do estado do Rio de Janeiro. Segundo determina o edital, cada instituição terá apenas um projeto financiado e cada proposta poderá solicitar um máximo de R$ 100 mil.

 

– Todas as nossas instituições precisam dispor de núcleos de inovação tecnológica e de assessorias internacionais bem estruturados. Estes departamentos desempenham uma importante interface no relacionamento das instituições com a sociedade. Os NITs identificando e promovendo parcerias das instituições com setores empresariais, governamentais e não- governamentais na busca de resultados para a sociedade. As assessorias internacionais provendo suporte técnico, acadêmico e administrativo às atividades de intercâmbio e cooperação internaciona. Essas são algumas das motivações que nos levam a lançar novas edições desses programas, com a convicção de que estamos contribuindo para o desenvolvimento econômico e social do nosso Estado – afrimou o presidente da Faperj, Ruy Marques.

 

Governo do Rio

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.