FGTS com captação recorde

captação líquida de R$ 3,75 bilhões
 

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) apresentou captação líquida de R$ 3,75 bilhões no primeiro trimestre de 2010. Este valor representa um crescimento de 153% em relação ao mesmo período do ano passado e 54% de toda a arrecadação líquida de 2009.  

O crescimento é atribuído ao crescente número de empresas que realizam recolhimentos ao FGTS, que nos três primeiros meses do ano teve variação positiva de 3,6% em relação ao primeiro trimestre de 2009. Além disso, 1,7 milhão de pessoas passaram a ter recolhimento do FGTS no período, um incremento de 5,9%.    

Para o vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da CAIXA, Moreira Franco, a tendência é que o Fundo tenha novo recorde de arrecadação líquida em 2010, podendo chegar à cifra de R$ 10 bilhões. Para ele, “este quadro é bom para o país, pois o FGTS se tornou importante instrumento de desenvolvimento nas áreas de habitação, saneamento e infraestrutura, principalmente com a criação do FI-FGTS e das carteiras administradas. Além disso, é a principal fonte de recursos para o Programa Minha Casa Minha Vida”, comentou. 

Os recursos do Fundo estimularam a geração de 1,6 milhão de empregos diretos em 2009. Para este ano, com um orçamento de cerca de R$ 56,4 bilhões, espera-se geração de cerca de 2,5 milhões de novos postos de trabalho. 

OUTROS NÚMEROS – A arrecadação bruta no primeiro trimestre de 2010 foi de R$ 15,3 bilhões, crescendo 8,81% em relação ao período em 2009. Os saques totalizaram R$ 11,5 bilhões, apresentando um decréscimo de 8,11%.  

A principal modalidade de saques – Demissão sem Justa Causa – decresceu 8,37% nos três primeiros meses do ano, ao passo que o uso para compra da casa própria cresceu 27,4%, devido ao aquecimento do setor de crédito imobiliário.

 

Fonte: Caixa

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.