Forças especiais realizam treinamento em estação de trem

Preparação contou com a presença de agentes da Polícia Nacional Francesa
 

 

Policiais dos batalhões de Operações Policiais Especiais (Bope), de Ações com Cães (BAC) e de Operações Especiais de Fuzileiros Navais participaram, na quinta-feira, dia 2 de junho, de um treinamento com foco nas Olimpíadas. O grupo de cerca de 30 agentes simulou uma situação com tomada de refém na estação de trem do Engenho de Dentro. As forças especiais receberam o suporte técnico de representantes da RAID (Unité de Recherche, Assistance, Intervention et Dissuasion), a força de elite empregada nas crises mais importantes de segurança da França. O intercâmbio com a unidade europeia vai durar cerca de duas semanas.

– Tivemos a participação de dois cães do BAC – disse o primeiro-tenente do Bope, Alex Melo.

 

 

O intercâmbio com a Polícia Nacional da França ocorre desde 2009.

– A troca de experiências com a Polícia Francesa tem sido bastante proveitosa. Estamos agora na fase final de ações – afirmou o chefe da seção de Operações do Comando de Operações Especiais (COE), major Vitor Valle.

 

 

Este foi o terceiro treinamento realizado esse ano no sistema da SuperVia com foco nos Jogos. Antes da simulação, a concessionária promoveu uma orientação prévia sobre os riscos específicos deste tipo de transporte (rede com cabos de alta tensão). A estação Engenho de Dentro terá grande fluxo de pessoas durante as Olimpíadas devido às competições realizadas no estádio do Engenhão.

 

 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.