“Gato” em Campo Grande

Condomínio de luxo
 

Trinta e sete mansões com piscinas tinham ligações clandestinas de água
 
Policiais da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) e técnicos da Assessoria de Segurança Empresarial da Nova Cedae identificaram hoje (31/07) duas ligações clandestinas que abasteciam um condomínio de luxo em Campo Grande, na Zona Oeste. Na operação, batizada de “Ninhada de Gatos”, a equipe constatou que todas as 37 casas duplex tinham piscina e algumas, sauna.
 
A ação foi realizada no Condomínio Mansões da Prata, localizado na Estrada do Lameirão Pequeno, 770, que sequer tem inscrição na Cedae. A partir de denúncia anônima, os técnicos constataram a existência de ligações clandestinas de duas e de ¾ de polegadas de diâmetro na rede da companhia. Das 37 residências do condomínio, 22 estão habitadas e há ainda  oito terrenos à venda. O síndico foi intimado a comparecer à DDSD para prestar esclarecimentos.
 
“Ligações clandestinas contribuem para desabastecer algumas localidades, além de causar grande prejuízo nos cofres da Cedae”, afirma o presidente da companhia, Wagner Victer, ressaltando que furto de água é crime previsto no Código Penal. 
Fonte: Cedae

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.