Homem que passava por produtor de novelas para aliciar menores é preso em São Gonçalo

O falso produtor alugou uma mansão no Recreio dos Bandeirantes
 

 


Policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) prenderam, na manhã desta sexta-feira, um homem de 35 anos acusado de se passar por um produtor de novelas para aliciar jovens. Com ele, segundo a Polícia Civil, também foram apreendidas imagens de crianças sendo abusadas sexualmente. Ele foi capturado em São Gonçalo.

 

 

Em agosto de 2012, um falso produtor de TV  foi detido acusado de abusar sexualmente de uma modelo que ele estava agenciando. Júlio César do Carmo, de 31 anos, é suspeito de atrair jovens paulistas ao Rio com a promessa de conseguir figuração em programas de TV.

 

 

Ele teria alugado luxuosa casa no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste, para receber 22 jovens — homens e mulheres — do interior de São Paulo. No grupo estavam cinco menores que viajaram sem autorização da Justiça. O suspeito, que nega o abuso sexual, cobrou R$ 400 de cada um para promover suas carreiras.

 

 

 

Outro caso

 Em Janeiro deste ano, Alexandre Gonçalves Ávila, de 40 anos, também foi preso acusado de abusar sexualmente de uma menor de 12 anos.

 

 

 Alexandre usava perfis falsos nas redes sociais e para atrair as vítimas, ele se passava por diretor de uma emissora de TV. Na internet, ele garantia que selecionava meninas para participarem de novelas, e após obter imagens das menores passava a chantageá-las. O pedófilo obrigava as adolescentes a se encontrarem com ele, momento que aproveitava para cometer os estupros.

 

 

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.