Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero em São Paulo

O Corpo de Bombeiros informou que o piloto da aeronave também morreu carbonizado
 

 

O jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, morreu na queda de um helicóptero no início da tarde de segunda-feira, dia 11 de fevereiro, em um dos acessos da Rodovia Anhanguera, que liga a capital paulista, ao interior do estado de SP.

 

 

 

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e tinha uma coluna semanal na revista ISTOÉ.

 

 

 

O motorista de um caminhão atingido no acidente foi resgatado pelo serviço da concessionária que administra a via. O fogo no local já foi extinto.

 

 

NOTA DE PESAR DA AIB

A Associação de Imprensa da Barra da Tijuca vem a público manifestar o mais sincero e profundo voto de pesar pelo falecimento do jornalista Ricardo Eugênio Boechat. Sua morte, tão repentina, enluta não somente seus familiares e amigos, mas toda a sociedade que lamenta a partida do profissional de rara estirpe. Registramos nossas sinceras condolências e nosso profundo respeito. 

 

 

O velório de Ricardo Boechat será realizado a partir das 22h30, de segunda-feira (11) no Museu da Imagem e do Som, em São Paulo. A cerimônia será aberta ao público até às 14h de terça-feira (12). O local e o horário da cremação do corpo do jornalista não serão revelados.

 

 

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.