Leilão do Detran arrecada mais de 800 mil reais

Leilão do Detran arrecada mais de 800 mil reais
 

O leilão de carros apreendidos pelo Detran atraiu 624 pessoas nesta quinta-feira (30/7), rendendo R$ 464.250,00 aos cofres do estado. Como na quarta o leilão já rendera R$ 364.550,00, o ganho total foi de R$ 828.800,00.

Ontem foram arrematados 325 motos e, mais uma vez, os motoristas encontraram boas opções de compra. A sucata de uma moto CG saiu por R$ 200 — a mais barata do leilão, enquanto a moto mais cara foi uma Twister 2008, arrematada por R$ 5.600,00. Com tantas ofertas, foram contabilizados 6.157 lances.

Ontem, no primeiro dia da série, 110 vans e kombis foram leiloados. A procura pelo evento confirmou o interesse dos motoristas por adquirir este tipo de veículo, já que 389 pessoas participaram, tanto pela internet, quanto no auditório do depósito na Rodovia Washington Luís, 13.105, em Duque de Caxias.

O Detran oferecerá hoje mais 219 automóveis, entre eles, um Doblò Adventure 2008. A nova rodada do leilão será no mesmo endereço, a partir das 10h. A maioria dos veículos que serão oferecidos nesta sexta-feira está em bom estado de conservação. Muitos podem ser adquiridos por valores até 40% abaixo do mercado.

Todos os veículos arrematados já estavam no depósito há mais de 90 dias — prazo mínimo legal para que os proprietários pudessem recuperá-los. Ao arrematar um veículo no leilão, o novo proprietário não herda as dívidas referentes ao proprietário anterior. Se o valor do arremate for suficiente para pagar o IPVA, as multas, o serviço de reboque e as diárias do depósito, o saldo restante será entregue ao antigo proprietário. Mas se, ao contrário, o valor do arremate não cobrir todas as despesas, o antigo dono terá o nome incluído na dívida ativa do estado.

Depois de arrematar o veículo, o novo proprietário tem até 30 dias para retirá-lo do depósito. Antes, é preciso pagar taxas (Duda) pelo serviço que o Detran prestará para regularizar o veículo. Também é preciso arcar com o IPVA do ano corrente e a comissão do leiloeiro, que equivale a 5% do valor pago pelo veículo.

Com mais este leilão, o Detran dá um passo adiante rumo à desocupação dos seus depósitos para que seja possível continuar promovendo operações de fiscalização de trânsito contra inadimplentes de IPVA e reforçar o respeito às regras de trânsito.

Fonte: Detran

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.