Liberdade de Imprensa foi tema do 15° ENAI

Liberdade de Imprensa foi tema do 15° ENAI em Recife
 
O 15° ENAI (Encontro Nacional das Associações de Imprensa) e a 10ª Conferência da Imprensa Brasileira, realizado pela Federação Nacional da Imprensa – Fenai-Faibra, em conjunto com a Associação da Imprensa de Pernambuco – AIP, aconteceu de 12 a 15 de setembro, em Recife, tendo como foco principal temas relacionados com a Liberdade de Imprensa e a necessidade do jornalismo imparcial, no Brasil e na América Latina, diante do crescente populismo de governos de esquerda ou ditatoriais e as crescentes ameaças e crimes praticados contra jornalistas, além da pressão do Judiciário condenando empresas jornalísticas a arcarem com indenizações que as tornam economicamente inviáveis.
O tema do Congresso foi “Liberdade de Expressão e Imprensa. Jornalismo Imparcial e Ética na Comunicação”. 
Jornalistas brasileiros presentes em Recife denunciaram ações que buscam abolir Liberdade de Imprensa e de Expressão
Para J.H. de Oliveira Jr, presidente da Fenai/Faibra, existem hoje vários jornalistas brasileiros autoexilados por conta de ameaças de morte, decorrentes de trabalhos publicados em veículos nacionais, revelando nomes e esquemas de corrupção praticados por agentes públicos e governamentais. Oliveira Jr., revelou aos representandes de 120 Associações de Imprensa presentes, que os profissionais ameaçados tiveram que abandonar o Brasil com suas famílias e o ofício, vivendo hoje em lugares estranhos e trabalhando em atividades diferentes, sem qualquer acompanhamento de entidades humanitárias.
“Tivemos um caso marcante com o assassinato do prefeito Celso Daniel, sob circunstâncias lamentáveis, e quem foi penalizado de fato foram seus familiares, que tiveram que abandonar o país para não engrossarem a lista de mortos na queima de arquivo do esquema de corrupção política”, conta ele. O crime organizado se instalou no Estado brasileiro e é financiado por células subversivas e narcotraficantes dos cartéis sulamericanos, por isso é preciso avançarmos nessa proposta de despolitizar o jornalismo e resgatar a ética, valorizarmos as instituições democráticas e usufruirmos do que nos assegura a Constituição Federal, em toda plenitude das liberdades individuais, com uma imprensa livre e expressão pluralista, como a melhor forma de contribuir com a sociedade brasileira”,  destacou.
Durante o ENAI aconteceu a 10ª Conferência da Imprensa Brasileira e o lançamento pelos Correios do Selo Comemorativo dos 80 Anos da AIP. Participaram do evento, J.H. de Oliveira Júnior, Presidente da Federação Nacional de Imprensa, Múcio Aguiar, presidente da Associação da Imprensa de Pernambuco, Manuel Lopes, Presidente da Associação de Imprensa da Barra da Tijuca-AIB, presidente e diretores de Associações de Imprensa, jornalistas, radialistas, publicitários, assessores de imprensa e relações públicas, estudantes e professores de jornalismo, agências e veículos de comunicação que debateram questões fundamentais para garantir o exercício de imprensa livre no Brasil. O ciclo de Conferências contou com temas revolucionários. Todos se posicionaram pela defesa e vigilância da Liberdade de Imprensa e de Expressão e por um jornalismo ético e im¬parcial sem interferências ideológicas. O evento marcou também, o início das comemorações do aniversário de 80 anos da Associação de Imprensa de Per¬nambuco (AIP). A última vez que Pernambuco sediou o en¬contro foi em 1981, quando a AIP completou 50 anos de existência.
Durante o encontro no auditório do Banco Central do Brasil, foi feito o lançamento de um selo dos Correios alusivo à data e a apresentação de um frevo de bloco, composto por Getúlio Cavalcanti, sobre os 80 anos da AIP. Personalidades receberam o Mérito Aurora Pernambucana de Imprensa. Foram reconhecidas vinte instituições e pessoas que contribuíram para o fortalecimento da Imprensa. Em Olinda a Câmara municipal prestou homenagens ao jornalista Múcio Aguiar, presidente da AIP e aos participantes do 15º ENAI.
 
 
Serviço:
 
www.enai.org.br
 
www.fenai.org.br

Fonte: Assessoria

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.