Licenciamento para aterro sanitário

Medida beneficiará municípios
 

O município será o primeiro do Estado a contar com a isenção da taxas de licenciamento, uma ação da Secretaria do Ambiente do Governo do Estado para incentivar o Pacto do Saneamento. A ação facilitará aos municípios darem uma destinação correta aos resíduos sólidos (lixo). O aterro beneficiado é um consórcio entre os municípios de Quissamã, Carapebus, Conceição de Macabu e São João da Barra no Norte Fluminense. Representará uma economia de 75% dos custos na destinação do lixo além de gerar 85 empregos diretos para Quissamã.
– Estamos conversando com os municípios para viabilizar a construção de outros aterros sanitários por meio de consócios – comentou a secretária estadual do Ambiente, Marilene Ramos.
Sem a isenção do Estado, o município teria que arcar com R$ 80 mil de taxa de licenciamento ambiental. O prefeito de Quissamã, Armando Carneiro, vê na medida uma prioridade principalmente pelo seu ganho ambiental.
– Um município moderno hoje tem que priorizar o saneamento. Já tratamos 100% do esgoto urbano da cidade, sendo um dos 10 municípios do país a realizar essa façanha. Queremos dar o mesmo tratamento ao lixo – disse o prefeito.
Fonte: Secretaria Meio Ambiente

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.