Limpeza no monumento a D. Pedro I

Recuperação da história do Brasil
 

A Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, por meio da Gerência de Monumentos e Chafarizes em parceria com a Comlurb e a Rioluz fará nesta sexta-feira, dia 3 de setembro, a limpeza do monumento a D. Pedro I, localizado à Praça Tiradentes, no Centro do Rio. Feita em bronze, a obra é o mais antigo monumento do Rio de Janeiro e apresenta grande quantidade de resíduos provenientes das fezes de pombos. Além disso, a superfície apresenta manchas que desfiguram os detalhes do trabalho do escultor francês Louis Rochet.

A limpeza será feita com nove mil litros de água e vai durar seis horas, em média. O objetivo da ação é  preparar a estátua para as comemorações da Independência, celebrada dia 7 deste mês. Inaugurada em 30 de março 1862, a obra tem 15 metros de altura. Após a lavagem, a Rioluz fará a manutenção dos oito lampiões coloniais que cercam o monumento. O ultimo trabalho de revitalização da estátua foi feito em 2005.

Fonte: Conservação e Serviços Públicos

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.